Publicidade
Cotidiano
Notícias

Penitenciária ganha salas de aula para cursos do Pronatec

Núcleo de Aprendizagem Profissional (NAP) tem quatro salas de aula reformadas para atender detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) 06/10/2015 às 18:27
Show 1
As salas estão equipadas com ar-condicionado, carteiras e instalação elétrica para receber data show
acritica.com Manaus (AM)

Com foco nas 350 vagas para os cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do sistema prisional, o Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) ganhou um Núcleo de Aprendizagem Profissional (NAP). Com três salas de aula e um laboratório de informática, o espaço, montado com a ajuda dos próprios detentos, está recebendo 40 internos para os cursos de pintura e carpinteiro de obras.

As salas estão equipadas com ar-condicionado, carteiras e instalação elétrica para receber data show. A reforma da estrutura e os equipamentos são iniciativa da Umanizzare Gestão Prisional que, em parceria com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), administra o presídio.

O coordenador dos projetos sociais da unidade, Manoel Santana, ressaltou que o local foi criado com foco nos cursos do Pronatec, no entanto, posteriormente, a ideia é ampliar a demanda e o acesso. “Nós queremos trazer todas as atividades para serem executadas nessa área porque temos a estrutura pronta agora”.

Instrutor de Tecnologia da Construção Civil do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Delson Serrão, elogiou a estrutura. “Eles estão interessados e querem participar. Acho que as aulas práticas vão prender ainda mais a atenção dos alunos”, disse Delson.

Para o interno Hudson Figueiredo de Melo, 23, o espaço novo incentiva o estudo em carpintaria. “Eu vejo isso aqui como uma oportunidade de sair melhor. Quero terminar de cumprir a minha pena e não pretendo voltar, e ter um espaço legal para estudar tem me ajudado a não desistir”, disse. Ele divide a sala com outros 20 internos que estão no curso.

Além do Compaj masculino, unidades do semiaberto masculino e feminino, Centro de Detenção Provisória (CDP), Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) estão recebendo os cursos.

Pronatec

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), através do Projeto Começar de Novo, trouxe para o sistema prisional do Amazonas 360 vagas em cursos profissionalizantes do Pronatec. Além do Senai, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam) e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) são alguns dos parceiros que estão levando cursos para as unidades prisionais.

*Com informações da assessoria de imprensa