Publicidade
Cotidiano
Cotidiano, Violência Juvenil, Segurança Pública, Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência, Fórum Brasileiro de Segurança Pública, IBGE

Pesquisa revela que jovens de Manaus estão menos expostos à violência

Conforme a ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o índice considerou as taxas de violência a que os jovens de 12 a 29 anos de idade estão expostos como homicídios, mortalidade no trânsito, pobreza, entre outros 21/02/2013 às 09:11
Show 1
Marcas de violência em adolescente: situações como essa diminuíram em Manaus
Jornal A Crítica Manaus

Manaus ocupa o 112º lugar no ranking do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência (IVJ-Violência). A capital amazonense foi uma das situadas na Região Norte onde jovens ficaram menos expostos à violência, segundo a Organização Não-Governamental (ONG) Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) revelou, na última na terça-feira (19), em Brasília.

De acordo com a ONG, o índice considerou as taxas de violência a que os jovens de 12 a 29 anos de idade estão expostos: homicídios e mortalidade no trânsito; pobreza, desigualdade socioeconômica; frequência dos jovens nas escolas; e o acesso ao mercado de trabalho.

Nesta edição, foi feita uma comparação entre os anos de 2007 e 2010, para 283 cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes em 2010, conforme o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O índice revelou que Manaus reduziu a vulnerabilidade juvenil à violência porque o indicador da “Condição de Vulnerabilidade” registrou um diferença de 0,108 entre 2010 e 2007. Em 2007, a capital amazonense ocupava o 93º lugar, com um índice de 0,414, em 2010, apresentou um índice de 0,306.

“Nacionalmente, houve uma importante melhora do IVJ-Violência, possivelmente como resultado das políticas de maior proteção e inserção social dos jovens. Mas, há muito espaço ainda para se evoluir na redução da exposição dos jovens à violência”, avaliou Samira Bueno, secretária-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e responsável técnica pelo IVJ-Violência.

O IVJ-Violência foi medido em uma escala que varia de 0 (melhor resultado possível) a 1 (pior resultado possível) e classificou em primeiro lugar as cidades mais vulneráveis à violência. Funciona, portanto, como um “ranking inverso”, no qual a pontuação mais elevada representa maior vulnerabilidade do município.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).