Publicidade
Cotidiano
Notícias

Polícia prende mais de 100 pessoas no fim de semana prolongado no Amazonas

Foram apreendidos também 34 adolescentes infratores. A fiscalização em veículos na capital e nas entradas e saídas da cidade alcançou 5.500 automóveis, 722 táxis e 7.226 motocicletas 10/09/2012 às 12:39
Show 1
A fiscalização em veículos na capital e nas entradas e saídas da cidade alcançou 5.500 automóveis, 722 táxis e 7.226 motocicletas
acritica.com Manaus

O fim de semana prolongado no Amazonas foi um dos mais tranqüilos dos últimos tempos, de acordo com um balanço apresentado na manhã desta segunda-feira (10) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/AM). As polícias Militar e Civil abordaram quase 30 mil pessoas em blitz, barreiras e operações, prendendo 104 sob suspeita de crimes e delitos, dos quais 58 em flagrante. Sete homicídios foram registrados incluídos os casos de execução. Em Manaus, a polícia realizou diversas prisões, como a de 10 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.

Foram apreendidos também 34 adolescentes infratores. A fiscalização em veículos na capital e nas entradas e saídas da cidade alcançou 5.500 automóveis, 722 táxis e 7.226 motocicletas. Dezenove foram recolhidos ao parqueamento do Detran. A polícia recuperou sete veículos roubados.

De acordo com o secretário, coronel PM Paulo Roberto Vital, nesse período de mais de cinco dias Manaus ficou dois dias, a sexta e o sábado, sem nenhum assassinato.

“Qualquer homicídio é lamentável e é problema nosso, mas temos que louvar o trabalho das polícias diante de um resultado desse nível, quando em um feriado prolongado, com alto consumo de bebida alcoólica, a capital de 2 milhões de habitantes registra apenas sete ocorrências”. 

Vital disse que o importante é que a presença da polícia preservou muitas vidas de pessoas de bem. Citou como exemplo o festival do município de Itacoatiara, que recebeu mais de 30 mil visitantes para os quatro dias de festa.

“O sistema de segurança pública atuou em parceria com a Justiça e as áreas de assistência social e de saúde do Estado e do município, e o resultado foi que não houve nenhuma ocorrência grave no Fecani. E olha que no principal show do evento o público ficou na casa das 50 mil pessoas”, disse.