Publicidade
Cotidiano
Notícias

Polícia retira 70 banhistas que invadiram área interdidata da Ponta Negra, no Réveillon

Cerca de doze policiais da 19ª Cicom tiveram que se mobilizar e escoltar os banhistas do Réveillon até ao anfiteatro da Ponta Negra. Eles ignoraram as placas de isolamento da área proibida.  01/01/2013 às 15:40
Show 1
Banhistas sendo retirados por policiais da Ronda no Bairro, do local interditado da praia
acritica.com* ---

Aproximadamente 70 banhistas que invadiram a praia interditada da Ponta Negra, durante a Festa de Réveillon, tiveram que ser retirados do local  por policiais militar da 19ª Companhia Interativa Comunitária (19ª Cicom).

O grupo ignorou as placas que isolam a área e entrou no local proibido. Os policiais tiveram que escoltar os banhistas até a área de acesso ao anfiteatro do balneário. Alguns estavam visivelmente embriagados e sem condições de locomover-se.


O estudante  Marcos Lima, 19, disse que sabia que a praia estava interditada, “mas como tudo parecia muito tranqüilo resolvemos desfrutar do local”, justificou.   

 A Praia da Ponta Negra está interdidata desde o mês de novembro de 2012, após os sucessivos afogamentos que ocorreram após a inauguração da “praia perene” em junho do ano passado. 14 pessoas já perderam a vida no local.   

 * Com informações do jornallista Náferson Cruz