Publicidade
Cotidiano
DEMOGRAFIA

População idosa do Amazonas cresce e número de jovens e crianças diminui, diz IBGE

Em 2012, a população abaixo de 20 anos de idade correspondia a 41,8% do número de moradores do Amazonas, já em 2016 essa proporção reduziu para 39,2% 24/11/2017 às 19:36
Show show atividade 3
Foto: Euzivaldo Queiroz-Arquivo/AC
Vitor Gavirati Manaus (AM)

A população acima de 60 anos de idade no Amazonas cresceu 9,2%, passando de 282 mil para 308 mil pessoas entre os anos de 2012 e 2016. O dado aparece na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continua (PNAD Contínua) desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada nesta sexta-feira (24).

De acordo com a pesquisa, em 2016 a população do Amazonas foi estimada em 3.857.000 pessoas. O que representa um crescimento de 7,1% em comparação com 2012, quando o Estado tinha 3.599.000 habitantes. Os homens são maioria, correspondendo a 50,8% da população amazonense.

Em 2016, a Região Metropolitana de Manaus concentrava 63% da população do Estado e, em relação a 2012, teve aumento de 7,6%.

Diminui o número de crianças e jovens

Ainda segundo a PNAD Contínua, o número de crianças entre 0 e 9 anos de idade, que em 2012 correspondia a 19,8% da população do Amazonas, caiu para 18,5% no ano de 2016.

Em 2012, a população abaixo de 20 anos de idade era 41,8% do número de moradores do Amazonas. Já em 2016 essa proporção reduziu para 39,2%.

Pardos são maioria no Amazonas

Os números divulgados pelo IBGE também revelam que a população declarada como parda, em 2016, era de 2.962.000 pessoas e registrou aumento de 9,6% quando comparada com 2012. Eles correspondem a 75% da população do Amazonas.

As pessoas que se declaram brancas correspondem a 17,8 % da população do Amazonas. Em 2012, elas eram 20,3% do número de habitantes do Estado.

A população negra no Amazonas cresceu 32,2% entre os anos de 2012 e 2016, chegando a 120 mil pessoas, o que corresponde a 3,1% dos moradores do Estado.

Publicidade
Publicidade