Publicidade
Cotidiano
Notícias

Prefeito de Manaus nega disputa nas eleições deste ano mas turbina a sua gestão

Nos bastidores, Amazonino Mendes, continua turbinando sua gestão com projetos de forte apelo popular 08/06/2012 às 08:13
Show 1
Prefeito Amazonino Mendes durante inauguração de unidade básica de saúde
jornal a crítica Manaus

Às vésperas das convenções partidárias que escolherão os candidatos à eleição deste ano, o prefeito Amazonino Mendes (PSD) mantém, em público, o discurso de que não pretende disputar a reeleição. Nos bastidores, contudo, continua turbinando sua gestão com projetos de forte apelo popular.

Amazonino já chegou até a levantar problemas de saúde como um dos entraves para a eventual candidatura. No dia 9 de maio último, disse que estava tendo dificuldades para concluir o mandato.

“Eu me esgotei, eu me esgotei. Você se esgota, um atleta se esgota. Foi muito intensa minha atividade na prefeitura, intensa demais. Tive problemas demais. Eu busquei a solução dos problemas. Isso me esgotou. Eu não tenho direito de ser candidato. Meu caso é exatamente de esgotamento. Eu preciso ir pro estaleiro. Se eu não for pro estaleiro, morro”, disse o prefeito.

Um dia depois, matéria publicada no A CRÍTICA com o ex-senador Artur Neto colocou em dúvida a suposta  gravidade do estado de saúde do prefeito.

“Liguei para o prefeito e, felizmente, obtive como resposta que ele se sente estafado e necessitado de recuperar as forças, após passar o cargo ao seu sucessor. Perguntei-lhe se sofria de algum mal específico e ele respondeu que não”, disse Artur Neto.

A repercussão do possível  afastamento do prefeito do pleito animou uma ala do PT a ressuscitar a tese da candidatura própria. No dia 15 de maio, ao ser questionado sobre sua saúde,  Amazonino disse:  “Está boa. Está tranquila. Está bacana. Eu não posso é sair correndo como um garoto. O que eu estou é exaurido, é cansado. O pessoal está confundindo cansaço, exaustão, com doença. Eu não estou doente. Vocês estão vendo”.