Publicidade
Cotidiano
Notícias

Prefeito de Maraã (AM) é detido com R$ 50 mil em espécie no interior

Segundo a Polícia Federal, ele foi detido em Tefé e foi conduzido a Manaus para explicar a procedência do dinheiro 10/02/2012 às 23:46
Show 1
O advogado e o prefeito Dilmar (de camisa e calça clara), deixando a sede da Polícia Federal depois de prestar esclarecimentos
acritica.com Manaus

O prefeito de Maraã (a 634 quilômetros de Manaus), Dilmar Santos Ávila, foi detido nesta sexta-feira (10) no município de Tefé (distante 520 quilômetros da capital), com uma quantia de R$ 50 mil em espécie. Ele foi conduzido para a sede da Polícia Federal (PF), em Manaus, no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, para prestar esclarecimento sobre a procedência do dinheiro.

Dilmar chegou à sede da PF, na viatura da Polícia, por volta de 21h30, onde foi ouvido por aproximadamente uma hora. O advogado do prefeito chegou minutos antes para acompanhar o procedimento.

De acordo com informações do plantão da PF, Dilmar foi ouvido e liberado, mas o dinheiro ficou detido na sede da Polícia Federal. Ele chegou a apresentar alguns documentos para comprovar a origem da quantia.

Vai ser instaurado um procedimento e as investigações continuam até que seja esclarecida a procedência da verba.