Publicidade
Cotidiano
Notícias

Prefeitura de Coari denuncia à PGR desvio de R$ 100 milhões de verbas do município

Dinheiro teria sido desviado de programas das áreas de de educação, saúde, assistência social e esporte mantidos pelo governo federal no município de Coari 14/10/2015 às 13:16
Show 1
A informação foi dada pelo controlador-geral do município Fábio Tavares Amorim
acritica.com ---

A Prefeitura de Coari totalizou ontem a apresentação de 46 notícias crimes à Procuradoria Geral da República, em Brasília, por suposto desvio de R$ 100 milhões de verbas repassadas pelo Governo Federal ao município em programas das áreas de educação, saúde, assistência social e esporte.

A informação foi dada pelo controlador-geral do município Fábio Tavares Amorim. Segundo ele, mais dez representações serão entregues. Todas referentes ao período de 2013 a abril deste ano, quando passaram pelo comando da prefeitura cinco prefeitos. As denúncias resultaram, segundo o controlador, de auditoria realizada no período de agosto a setembro.

O atual prefeito de Coari, Raimundo Magalhães foi empossado no final de abril, depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oficializou, por meio de publicação no Diário Eletrônico do Judiciário, a cassação do registro de candidatura do ex-prefeito Adail Pinheiro.

Fábio Amorim afirma que recursos de contas vinculadas aos programas foram sacados sem identificação do destino dado a eles. “Apesar de repassados para a construção de unidades básicas de saúde, creches, unidade básica de saúde fluvial, academia da saúde, dinheiro direto na escola esses recursos não foram aplicados.

A UBS fluvial é um projeto piloto de Coari que fo adotado pelo Ministério da Saúde para as unidades ribeirinhos. Só da área de educação estimamos em cerca de R$ 50 milhões o prejuízo causado aos cofres públicos”, disse o controlador, ressaltando que vários programas da educação estão com os repasses bloqueados por conta desse problema.