Publicidade
Cotidiano
Notícias

Presidente da Unimed-Rio pagará até R$ 12 milhões para elenco e comissão técnica

A contratação de Thiago Neves só foi possível graças ao dinheiro da patrocinadora. O que antes era taxado de dependência, hoje é visto como privilégio pela torcida. De fato, Celso está na moda. 19/01/2012 às 11:07
Show 1
Celso Barros se mantém próximo do futebol tricolor
Lance ---

O churrasco de confraternização na noite de terça-feira entre elenco, comissão técnica e diretoria, que contou também com a presença de Celso Barros, ficou ainda mais animado depois que o presidente da patrocinadora anunciou a premiação que os jogadores receberão caso conquistem os títulos do Carioca, da Libertadores e do Brasileiro. Se o Flu levar a tríplice coroa, cerca de R$ 12,5 milhões serão divididos entre eles.

Naturalmente, cada taça terá um peso diferente. O Carioca vale R$ 1,5 milhão, a Libertadores, R$ 5 milhões, e o Brasileiro, R$ 6 milhões. O valor será pago pela patrocinadora, assim como aconteceu na premiação referente à conquista do Brasileiro de 2010.

Celso Barros ainda fez questão de afirmar que os valores não estão fechados e podem aumentar dependendo das conquistas. A notícia fez a alegria dos jogadores.

O elenco aproveitou o churrasco para dar os parabéns ao presidente da patrocinadora, que fez aniversário no último fim de semana. Na sexta-feira passada, uma festa foi realizada com a presença da diretoria e do técnico Abel Braga. O clima de descontração foi grande ontem e alguns nomes pediram a palavra. Araújo, um dos principais alvos das brincadeiras, foi intimado pelos companheiros a fazer um discurso.

A presença do patrocinador em Mangaratiba (RJ), onde o Fluminense realiza a pré-temporada, é mais um exemplo da proximidade de Celso Barros com o atual departamento de futebol tricolor, diferentemente do que aconteceu durante boa parte do ano passado. Especialmente no começo da temporada, o médico se manteve mais afastado do convívio com o elenco profissional, inclusive durante as viagens da Libertadores.

Prêmios para 2012

Carioca - R$ 1,5 milhão

A premiação pela conquista do campeonato estadual, título que não vem desde 2005 para as Laranjeiras, será de R$ 1,5 milhão.

Liberta - R$ 5 milhões

Caso o Fluminense consiga este ano a façanha inédita de conquistar a competição continental, os jogadores e comissão técnica irão receber R$ 5 milhões da patrocinadora do clube.

Brasileirão - R$ 6 milhões

O Fluminense receberá da Unimed R$ 6 milhões se faturar a competição nacional, a mais longa que terá de enfrentar em toda a temporada. O último título desse campeonato nem foi há tanto tempo - apenas dois anos.

Com a palavra, Bruno Marinho - setorista do Fluminense

"Celso Barros está na crista da onda"

Os questionamentos à parceria Fluminense/Unimed já foram mais duros. A maior presença de Celso Barros mostra que o ambiente dele no clube é favorável. Rodrigo Caetano chegou para fazer a interface entre Flu e patrocinador e diminuiu a ideia de tensão entre eles.

A contratação de Thiago Neves só foi possível graças ao dinheiro da patrocinadora. O que antes era taxado de dependência, hoje é visto como privilégio pela torcida. De fato, Celso está na moda.