Publicidade
Cotidiano
Notícias

Presidente do TJAM diz que cumpriu o que prometeu

Ao divulgar a lista de remunerações dos servidores do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Moutinho disse que a sociedade “ia ter ciência do verdadeiro salário dos magistrados”, que é de 24 mil mas pode chegar a R$ 70 mil, com o incremento das vantagens 20/07/2012 às 13:10
Show 1
Desembargador Ari Moutinho durante coletiva de divulgação nominal das remunerações de servidores do Tribunal de Justiça do Amazonas
acritica.com Manaus

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, Ari Moutinho divulgou na manhã desta sexta-feira (20) a lista com os nomes dos 1.640 servidores daquele poder com suas respectivas remunerações conforme determina a Resolução 151, de 05.07.12 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)., que trata da divulgação nominal das remunerações de servidores daquele Poder.

Durante coletiva, o presidente falou que, com a publicação da lista,  além de cumprir o que havia prometido há 15 dias, era um ato “pelo bem da democracia; por obrigação da lei de acesso à informação e  pelo cumprimento do ordenamento jurídico”.

O desembargador disse que agora a população vai poder ganhar  e “a sociedade vai ter ciência do verdadeiro salário dos magistrados” que é de R$ 24.117,60 mas que pode chegar a R$ 70.000,00 mediante as vantagens.

O que diz a Resolução Nº151,05.07.12, do CNJ:

"Art. 1º: O inciso VI do artigo 3º da Resolução Nº102, de 15 de dezembro de 2009, do Conselho Nacional de Justiça, passa a vigorar com a seguinte redação:
(...)
VI - as remunerações, diárias, indenizações e quaisquer outras verbas pagas aos membros da magistratura e aos servidores a qualquer título, colaboradores e colaboradores eventuais ou deles descontadas, com identificação nominal do beneficiário e da unidade na qual efetivamente presta os seus serviços, na forma do Anexo VIII."