Publicidade
Cotidiano
Notícias

Primeiro bairro popular planejado será entregue com festa nesta quinta-feira

A entrega das casas e apartamentos, no bairro Santa Etelvina, Zona Norte, contará com apresentações dos cantores Edu Guedes e David Assayag e da banda Feras do Forró. Estarão presentes os ministros das Cidades Aguinaldo Ribeiro e do Planejamento, Miriam Bechior 20/12/2012 às 15:58
Show 1
Residencial Viver Melhor
acritica.com* Manaus

O governo do Estado do Amazonas formaliza, às 19h desta quinta-feira, a entrega de mais de 3 mil unidades habitacionais  do primeiro bairro popular planejado de Manaus, o residencial Viver Melhor, construído em parceria com o Governo Federal por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida.

A solenidade será na rua da Felicidade, entre as quadras 26 e 16 do Conjunto, no bairro Santa Etelvina (Zona Norte), e terá também a presença do vice-governador José Melo, da primeira dama do Estado, Nejmi Aziz, do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e da ministra do Planejamento, Miriam Belchior

  

O novo conjunto é também o maior do Brasil, no âmbito do Minha Casa Minha Vida, destinado a famílias com renda até R$ 1.600. Nesta primeira etapa do residencial, 3.511 unidades habitacionais foram concluídas e entregues aos beneficiários nas últimas semanas. Do total, 3.072 são apartamentos e 430 casas, sendo 107 adaptadas a pessoas com deficiência e idosos. O conjunto possui ainda ruas pavimentas e arborizadas, estação de tratamento de esgoto, rede de energia elétrica e água encanada. Cada bloco de apartamento possui 16 unidades, cada uma com dois quartos, sala, cozinha e banheiro.



A noite de inauguração contará com apresentações dos cantores Edu Guedes e David Assayag e da banda Feras do Forró. De acordo com o diretor-presidente da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), Sidney de Paula, que também estará na solenidade, o Residencial Viver Melhor foi construído com recursos do programa Minha Casa Minha Vida, através da Caixa, com contrapartida do Governo Estadual.

Ao todo, foram investidos R$ 196.385.257,39, sendo R$ 41.030,00 do Governo do Amazonas, que também investiu no acesso e no terreno e está construindo aparelhos comunitários como escolas de ensino Fundamental e Médio e unidades de educação de tempo integral no local.


* Com informações da assessoria de comunicação