Publicidade
Cotidiano
Notícias

Prioridade do Senado é votar MP do Código Florestal

A mobilização, segundo o presidente do Senado José Sarney, é para a aprovação da Medida Provisória do Código Florestal. Para isso foi feito um apelo para que os senadores estivessem presentes na terça (24) e quarta-feiras (26) 25/09/2012 às 15:15
Show 1
Vista aérea da floresta amazônica
Marcos Chagas/ Agência Brasil Brasília ---

Os senadores dedicarão toda a sessão plenária desta terça-feira (25) à votação da Medida Provisória (MP) do Código Florestal. O líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (BA), disse que o acordo é para que a tarde desta terça-feira de esforço concentrado seja dedicada prioritariamente a isso.

Quanto à votação do indicado para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, o parlamentar destacou que não há qualquer compromisso neste sentido. “[A indicação do] ministro nós podemos votar hoje, amanhã, até mesmo depois da eleição. Nós vamos votar o Código Florestal”, ressaltou Pinheiro.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), também frisou que a prioridade do esforço concentrado está na aprovação da MP do Código Florestal. “Fizemos um apelo para que os senadores estivessem aqui hoje e amanhã para isso", disse Sarney.

Quanto à análise em plenário do nome de Zavascki ainda neste esforço concentrado, Sarney foi enfático: “Ele sequer foi sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça [CCJ]. A matéria não está na pauta [do plenário]”.

Sarney destacou que caberá aos senadores da CCJ fazer as considerações que julgar pertinentes ao atual ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Se a sabatina de Teori Zavascki, prevista para começar às 14 horas, entrar tarde adentro, terá que ser interrompida assim que o plenário iniciar a ordem do dia para análise do Código Florestal.