Publicidade
Cotidiano
PROCURADO

Procurado pela PF, ex-secretário da Sefaz Afonso Lobo diz que vai se entregar

A informação foi confirmada pelo advogado dele. Lobo foi um dos alvos da operação “Custo Político”, deflagrada ontem contra ex-membros do Governo do Estado 14/12/2017 às 14:52 - Atualizado em 14/12/2017 às 14:55
Show 154
Foto: Arquivo A Crítica
Geizyara Brandão Manaus (AM)

Procurado pela Polícia Federal com mandado de prisão preventiva na operação “Custo Político”, o ex-secretário de Fazenda (Sefaz) Afonso Lobo deve se entregar, conforme informou o advogado dele, Diego Padilha.

“Ainda não temos uma previsão da chegada dele, mas sim, ele vai se entregar hoje. Já comunicamos a Polícia Federal, a Justiça Federal e estamos apenas aguardando ele chegar para levá-lo lá (PF)”, disse.

De acordo com o advogado, assim que soube pela mídia sobre a operação, em Humaitá, no interior do Amazonas, onde a família dele possui terras, Afonso Lobo disse que iria se entregar. “Ele nos falou: eu vou me apresentar para a polícia porque eu não tenho nada a temer e vou me defender do processo”, relatou o advogado.

O delegado da PF Alexandre Teixeira confirmou ter recebido a informação de que Afonso Lobo se entregaria. Ontem, quarta-feira (13), o ex-secretário da Sefaz foi procurado no prédio onde mora, na avenida Mário Ypiranga, Zona Centro-sul de Manaus, mas não foi encontrado.

Em outubro, o Ministério Público Federal (MPF) havia apresentado uma denúncia contra o ex-secretário por falso testemunho durante o depoimento da operação Maus Caminhos, que desarticulou um esquema de desvio de R$ 110 milhões da Saúde do Amazonas.