Publicidade
Cotidiano
Notícias

Professora reconhecida no País por sua prática escolar se inspirou nos ensinamentos da mãe

Para Soraya, há 27 anos no ofício, o desafio do professor é ser inovador para enfrentar a demanda dos alunos, principalmente com o advento da tecnologia, além de trazer elementos da realidade dos estudantes para a sala de aula 15/10/2015 às 12:27
Show 1
Soraya atua como professora há 27 anos. Para ela, o desafio do professor é ser inovador para enfrentar a demanda dos alunos
Silane Souza Manaus (AM)

“Eu me inspirei na minha mãe para ser professora e tenho muito orgulho da minha profissão. Sou apaixonada pelo que faço e acredito na educação como processo de mudança”. Foi com essa frase que a professora Soraya Freire, 45, premiada nacionalmente pelas excelentes práticas em sala de aula, revelou neste dia 15 de outubro, Dia do Professor, os motivos que a levaram a seguir a mesma carreira da mãe.

Para Soraya, que trabalha como professora há 27 anos, o desafio do professor é ser inovador para enfrentar a demanda dos alunos, principalmente com o advento da tecnologia. Além disso, tem que trazer elementos da realidade dos estudantes para a sala de aula. “Eu, enquanto aluno, absorvo melhor aqueles assuntos que estão presentes no meu dia a dia. O professor é agente de transformação social e precisa acompanhar essas mudanças”, explicou.

Soraya é professora de 1º ao 5º ano do ensino fundamental da escola estadual Carvalho Leal. A mãe dela, inclusive, também foi professora, no mesmo bairro da Cachoeirinha. A educadora é dona de oito premiações nacionais, entre elas, os Prêmios: Professores do Brasil e Denatran Educação. Ela também tem 52 alunos premiados, dois em nível nacional e o restante em nível estadual e municipal.

A professora Leniza Góes, 40, leciona desde 1997. Ela contou que fez o curso de magistério, que já foi extinto, tentou cursar enfermagem e comunicação social, mas não conseguiu passar no vestibular, porém passou para letras. Nesse período, ela já trabalhava para a Prefeitura de Manaus. “Durante o curso percebi que realmente gosto de lecionar. Posso trabalhar com todos os níveis, mas prefiro as crianças”, revelou.

Ela destacou que é realizada com o que faz, principalmente porque gosta de ensinar e ver que seus alunos aprendem do jeito que ela ensina. “Mesmo com tantas dificuldades, falta de interesse de alguns alunos, o baixo salário em relação às horas de trabalho, turmas com superlotação, problemas básicos de infraestrutura, entre outros, sei do meu papel na sociedade e também da importância que tenho na formação humana de cada aluno que passa um período comigo”, frisou.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), que conta com 12.175 professores em seu quadro, promoverá hoje a “Festa do Professor”. O evento começará a partir das 19h, no Centro de Convenções (Sambódromo) e tem como atração principal o grupo de samba Fundo de Quintal. Conforme a Semed, todos os educadores ganharam um ingresso e poderão, pela primeira vez, levar um convidado.

De acordo com a titular da Semed, Kátia Schweickardt, outras atividades ocorrerão até o final do mês, como parte das homenagens.

Matriculados

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) informou que conta com 26.169 matrículas de professores em sua lotação, sendo 11.485 na capital amazonense e 14.684 no interior do Estado. Do total, 16.834 são de professoras e 9.335 de professores. Ou seja, 64,32% da lotação de professores da Seduc são de mulheres.

Calendário do Dia do Professor

Dia 15 (quinta-feira) – Festa do Professor no Sambódromo, a partir das 19h, no Centro de Convenções (Sambódromo).

Dia 16 (sexta-feira) – Folga para os profissionais de educação.

Dia 23 (sexta-feira) – Galeria de Honra, a partir das 18h, no auditório da Semed, no qual os educadores da rede que tiveram trabalhos e projetos de destaque referentes aos anos de 2014 e 2015 serão homenageados pela secretaria.

Dia 31 (sábado) – Corrida do Profissional da Educação, a partir das 16h, com concentração no estacionamento da Semed. O evento é aberto a todos os profissionais do segmento.