Publicidade
Cotidiano
Notícias

Professores da Ufam avaliarão contraproposta do governo Federal

Docentes da Ufam em greve há pouco mais de três meses, irão avaliar uma contraproposta enviada pelo governo Federal em Assembléia Geral na terça-feira (21). 20/08/2012 às 19:10
Show 1
Docentes avaliarão contraproposta do governo Federal
acritica.com Manaus (AM)

Os docentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), em greve há mais de três meses, voltam a se encontrar na terça-feira (21) em mais uma rodada de Assembleia Geral (AG), a partir das 15h, no Hall do Instituto de Ciências Humanas e Letras (ICHL), no Campus Universitário.

Durante a AG, os professores devem apreciar a contraproposta aprovada pelo Comando Nacional de Greve (CNG) do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN).

Avaliação

A contraproposta representa uma flexibilização da proposta inicial da categoria, com intuito de buscar a reabertura de negociação com o governo federal.

“O novo texto não traz mudanças conceituais, pois os princípios do Andes-SN na defesa da educação pública de qualidade e da valorização da carreira do Magistério Superior continuam mantidos”, disse o presidente da Associação dos Docentes da Ufam, Antônio Neto.

De acordo com o Comunicado do CNG, divulgado no último sábado (18), as alterações respeitam os princípios da proposta do Sindicato Nacional, alterando o valor o piso para R$ 2.018,77 e o percentual dos degraus entre níveis para 4%.

Na proposta anterior, o interstício era de 5% e o piso tomava como referência o salário mínimo estimado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Conforme o cálculo de julho, esse valor seria R$ 2.519,97. A flexibilização indicada pelo CNG “projeta malha salarial entre o piso e o teto propostos pelo governo”.