Publicidade
Cotidiano
Polícia, assaltos, Sequestro-relâmpago

Quadrilha é presa após realizar assaltos e sequetro nas Zonas Centro-Sul e Sul de Manaus

Revólveres, dinheiro, celulares entre outros produtos de roubo foram encontrados em poder do bando que deixou a vítima do sequestro desmaiada dentro do porta-malas de um veículo    13/01/2012 às 12:43
Show 1
Integrantes da quadrilha foram presos no momento em que tentavam fugir em um táxi, no bairro Coroado
Síntia Maciel e Cassandra Castro Manaus

Cinco homens, sendo dois adolescentes foram presos por volta de 22h30 dessa quinta-feira (12) depois de realizarem diversos assaltos nas Zonas Centro-Sul e Sul de Manaus.

A quadrilha composta por Jean Carlos Cunha de Souza, 25; os irmãos Bruno César Pereira da Mota, 22 e Almerindo da Mota Júnior, 19, sequestrou a empresária Sirlane Silva Conceição, 40, no momento em que ela chegava em casa, no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul.

A vítima foi rendida e colocada no porta-malas do próprio veículo, modelo City, de cor prata e placas  JXL 4041, e em seguida realizaram uma série de assaltos pela cidade.

A procura pelo bando teve início a partir de uma ligação feita ao 190, por um vizinho de Sirlane, que viu no momento em que ele foi abordada pelos cinco assaltantes e colocada dentro do porta-malas do carro.

As investidas da quadrilha ocorreram em uma drogaria do bairro Japiim e em um mercadinho no bairro Novo Aleixo. Após os ataques, o veículo foi localizado no bairro Coroado, onde o carro foi abandonado com Sirlane dentro do porta-malas.

Encontrada desmaiada dentro do porta-malas, a empresária foi encaminhada pelos policiais ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado, onde recebeu atendimento.  

Prisão
Os integrantes da quadrilha fugiram em um táxi, que foi identificado por militares da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) sob comando do Cabo Kennedy Coelho.

Com o quinteto a polícia encontrou três revólveres calibre 38, R$ 1.626 em espécie, 12 celulares, um notebook e três carteiras porta-cédulas. O material apreendido e os cinco suspeitos foram ecaminhados para o 11º Distrito Integrado de Polícia (11º DIP), no bairro Coroado, onde seriam autuados em flagrante por formação de quadrilha, corrupção de menores, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

O bando foi reconhecido também por um homem que teria sido vítima há alguns dias da quadrilha, que de acordo com a polícia sempre usa a mesma forma para praticar os delitos: rende pessoas que estão com carros e as colocam no porta-malas.

Há suspeitas de que a quadrilha seja a mesma que seqüestrou a secretária do deputado estadual Marcelo Ramos, na noite da última segunda-feira (9).