Publicidade
Cotidiano
Notícias

Região Norte teve a maior disputa por vagas no Sisu 2014

No Norte, a relação de candidatos por vaga foi 44,97. Ao todo, 2.559.987 pessoas se inscreveram na primeira edição do Sisu 2014 13/01/2014 às 16:53
Show 1
As matrículas dos convocados devem ser feitas de 17 a 21 de janeiro. O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 27 de janeiro
Yara Aquino (Agência Brasil) Brasília (DF)

A região Norte do Brasil teve a maior disputa por vagas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), sistema que oferta vagas de educação superior em instituições públicas com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No Norte, a relação de candidatos por vaga foi 44,97. Já o Centro-Oeste registrou a menor concorrência: 21,71.

Foi o curso de engenharia naval que teve a maior nota de corte, 869,15, de acordo com o Ministério da Educação. Também estão entre as maiores notas: engenharia aeronáutica (817,15), engenharia aeroespacial (787,62) e engenharia naval e oceânica (783,17). A nota de corte é a menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados.

Inscritos

Ao todo, a primeira edição de 2014 do Sisu teve 2.559.987 inscritos. O número é 31% maior do que o registrado na edição do primeiro semestre de 2013. O balanço final foi divulgado nesta segunda-feira (13) pelo Ministério da Educação.

O estado de Minas Gerais registrou o maior número de inscrições (616.419). Foi também o estado com maior oferta de vagas pelas instituições (20.029), seguido do Rio de Janeiro, Ceará e da Bahia. A Universidade Federal do Ceará liderou em número de inscrições (262.275).

Resultado

O resultado da primeira chamada do Sisu está disponível na página do programa, e as matrículas dos convocados devem ser feitas de 17 a 21 de janeiro. O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 27 de janeiro, e a matrícula pode ser feita de 31 de janeiro a 4 de fevereiro. A adesão à lista de espera ocorre de 27 de janeiro a 7 de fevereiro, no site do Sisu.

Vagas

Nesta edição, o Sisu oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior. Os cursos mais procurados foram administração, direito, pedagogia e medicina. O mais concorrido foi o de medicina, com 72 candidatos por vaga. A faixa etária predominante dos inscritos no Sisu (52%) é 18 a 24 anos.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, destacou a importância do Sisu ao oferecer aos estudantes a possibilidade de buscarem vagas em um universo maior de instituições. “É uma oportunidade fantástica que nós estamos dando aos jovens e, por mérito. Quem teve a melhor nota terá a colocação. O critério é transparente e de meritocracia”, disse.