Publicidade
Cotidiano
POLÍTICA

Renan Calheiros diz que terá 'relação de independência' com Michel Temer

Após reunião com Temer na tarde de hoje, Renan disse que quer manter com Michel Temer “a mesma relação que tem com a presidenta Dilma 10/05/2016 às 18:06 - Atualizado em 10/05/2016 às 18:14
Show 1018761 10052016 pzzb1053
Presidente do Senado, Renan Calheiros, quer manter relação de independência com Michel Temer em eventual governo (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Mariana Jungmann - Agência Brasil

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse hoje (10) que não tratou da formação da equipe ministerial em um eventual governo do vice-presidente Michel Temer, caso a presidenta Dilma Rousseff venha a ser afastada do cargo amanhã (11) pelos senadores. Após reunião com Temer na tarde de hoje, Renan disse que quer manter com Michel Temer “a mesma relação que tem com a presidenta Dilma, de absoluta independência”.

“Acho que não é o caso de o presidente do Congresso Nacional participar da formação de governo. Isso retira a independência do poder [Legislativo]”, afirmou o presidente do Senado, depois de reunião com Temer na residência oficial da Presidência do Senado. 

No entanto, Renan admitiu que tratou com Temer de uma possível redução no número de ministérios e cargos comissionados no Poder Executivo e disse que apoia uma reforma do Estado. “Ele, na hipótese de assumir, está muito entusiasmado com essa reforma no Estado”, disse.