Publicidade
Cotidiano
Notícias

Reunião entre sindicato e empresários põe fim à paralisação dos rodoviários

A paralisação da manhã desta sexta-feira (1) deixou cerca de 20 mil pessoas sem transporte na cidade de Manaus. 01/02/2013 às 18:05
Show 1
Paralisação prejudicou milahres de trabalhradores nna manha desta sexta-feira (1)
acritica.com Manaus (AM)

Uma reunião na tarde desta sexta-feira (1) entre os proprietários da empresa de ônibus Via Verde, Prefeitura, Sindicato dos Rodoviários e Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) pôs fim à paralisação da categoria ocorrida no início da manhã, que deixou aproximadamente 20 mil pessoas sem ônibus.

Os empresários se comprometeram em não compensar mais as horas extras dos rodoviários, terão de pagar pelos feriados em que eles trabalham e não poderão mais atrasar as férias dos mesmos. Estas eram as razões do protesto , de acordo com o presidente do sindicato, Josildo Oliveira.

“Conseguimos tudo o que queríamos nesta reunião, eles tratam os trabalhadores como querem e isto não vai mais acontecer. Aviso que sempre que for preciso parar o serviço de transporte para proteger os direitos dos trabalhadores, iremos parar”, afirmou Oliveira.

Acusação negada

Sobre a acusação de que o Sindicato exigiria da empresa Via Verde a quantia mensal de R$ 120 mil para não entrar em greve, Josildo negou que fosse verdade.

“Se eles davam dinheiro para algupem, davam para a junta governista, que controlou o sindicato enquanto eu estive afastado por decisão judicial, não para mim. É muito fácil eles falarem isso agora”, comentou Oliveira.