Publicidade
Cotidiano
Notícias

Rotina da Câmara Municipal de Manaus é alterada nas quartas-feiras

Série de palestras sobre questões da cidade de Manaus é remanejada para o horário da manhã 20/07/2012 às 07:39
Show 1
O presidente da CMM, vereador Isaac Tayah (PSD), anunciou mudanças
Mariana Lima Manaus

As sessões plenárias e as audiências públicas, realizadas às quarta-feiras, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), serão suspensas a partir do dia 25. A mudança anunciada nesta quinta (19) pelo presidente da CMM, vereador Isaac Tayah (PSD), é para que os vereadores participem, nesse dia, das palestras de apoio à revisão da proposta de Plano Diretor de Manaus.

O primeiro cronograma de palestras, divulgado pela CMM, estabeleceu 12 exposições, a partir do dia 18 até o dia 27 deste mês. Sete delas aconteceriam na parte da tarde e as outras cinco pela manhã.  Na quarta-feira, foram feitas as duas primeiras apresentações, à tarde.

A pouca participação dos vereadores nessas primeiras palestras e a possibilidade de aproveitar melhor o tempo para as discussões sobre o Plano Diretor foram os principais motivos, de acordo com Isaac Tayah, para a mudança de data e de horário das dez palestras.

Segundo o presidente da CMM, a mudança atende a pedido feito pelos vereadores, durante a reunião do colegiado de líderes, realizada na quarta-feira, na Casa.

Na primeira rodada de palestras, apenas 19 dos 38 parlamentares participaram das discussões sobre os temas “situação fundiária do município” e a “revitalização do Centro Histórico de Manaus”. Apesar de metade dos vereadores não ter comparecido, Tayah classificou o evento como satisfatório, pois, “mesmo com o horário não favorável, cerca de 150 pessoas entre parlamentares e pessoas da sociedade participaram”, disse.

A reprogramação das atividades rotineiras da Câmara Municipal não afetará negativamente o calendário do órgão, garantiu Isaac Tayah. A atual legislatura será encerrada no dia 31 de dezembro. Dos 38 vereadores de Manaus, 36 são candidatos a um novo mandato.

Para Isaac Tayah, com a mudança no calendário, os parlamentares terão mais tempo para discutir o Plano Diretor. “As quartas-feiras estarão disponíveis para as palestras e reuniões das subcomissões. Depois que as palestras chegarem ao fim as subcomissões terão esses horários para discutir os temas individuais e as propostas de emendas enviadas pelas instituições. Os melhores temas serão colocados para serem debatidos pela manhã”, afirmou o presidente lembrando que “cada instituição terá que defender, perante os vereadores, as suas propostas de emendas”.

A nova programação de palestras na Câmara será divulgada hoje à imprensa pela coordenação técnica da revisão do Plano Diretor da cidade.

Entre os temas a serem abordados pelos vereadores nas próximas quarta-feiras estão “Diretrizes de Mobilidade Urbana Integrada” , “A expansão urbana da cidade”, “A Cidade Universitária da UEA”, “O Plano Diretor e a acessibilidade”, “As Águas Subterrâneas de Manaus” e a “Política de Tratamento de Resíduos Sólidos da cidade”.

Prazo apertado para discutir proposta
No calendário da Câmara Municipal de Manaus está previsto o prazo de três meses para discutir o Plano Diretor da cidade. O presidente da CMM, Isaac Tayah, disse que os vereadores terão até  outubro para analisar e propor emendas à  proposta do Executivo Municipal. A revisão do plano precisa ser publicada até 3 de novembro.