Publicidade
Cotidiano
Notícias

Sabino diz que vai até a última instância da Justiça para ficar com a guarda de menina haitiana

O ex-parlamentar também acusou a mulher que o denunciou, amiga do tio da criança, de extorsão 15/01/2016 às 21:48
Show 1
Pronto pro combate: ex-parlamentar diz que com o tio a criança vive em condições precárias
Luana Carvalho Manaus (AM)

Após entregar a menina haitiana que pretende adotar ao tio dela, Lucius Popotte, o ex-deputado Sabino Castelo Branco disse para reportagem do Portal A Crítica que irá até a “última instância da Justiça” para ficar com a guarda da criança.

“Eu e minha esposa não tivemos coragem de ir levá-la na Vara da Infância e da Juventude, pois estamos muito abalados com essa história. A criança saiu chorando da minha casa”, afirmou.

Sabino acusou, ainda, a amiga do tio da criança, Ana Claudia Pires. “Esta mulher que esta dando entrevistas e falando em nome do tio da criança está me extorquindo. Ela não faz parte do processo e não cuida da criança. Ela trabalha o dia inteiro e a menina fica com os parentes dela”, completou.  

À polícia, o tio contou que costumava deixar a criança com Sabino nos fins de semana, mas dessa vez ele alega que o político não quis entregar a criança na última terça-feira. No entanto, Sabino nega a acusação e diz que a menor foi entregue espontaneamente à ele.