Publicidade
Cotidiano
ESTUDOS

Seduc faz último simulado do programa Enem Sem Fronteiras neste sábado (14)

O aulão comentado será transmitido ao vivo para todos os 61 municípios do Amazonas, além da capital, via Centro de Mídias do Estado (Cemeam), das 9h às 11h30 13/10/2017 às 17:06
Show enem 123
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Visando as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontecem nos dias 5 e 12 de novembro para todo o País, o programa Amazonas no Enem Sem Fronteiras, desenvolvido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), realiza, neste sábado (14), o 2° Simulado Comentado destinado aos alunos da rede estadual de ensino.

O aulão comentado será transmitido ao vivo para todos os 61 municípios do Amazonas, além da capital, via Centro de Mídias do Estado (Cemeam), das 9h às 11h30, e para todo o mundo pelo Facebook (facebook.com/centrodemidias), YouTube (youtube.com/centrodemidias) e pelo aplicativo My nScreen/IPTV, para sistema Android.

Onze professores da Seduc vão corrigir e comentar o simulado de todos os componentes curriculares que foi encaminhado para as escolas da Rede. Uma das novidades para este aulão comentado é que o Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na Cidade  Nova, Zona Norte de Manaus, será um dos pontos de recepção do sinal e são esperados mais de 50 alunos, além de professores, para o simulado comentado.

Durante a transmissão, os 11 professores estarão distribuídos em três estúdios no Cemeam, de onde irão interagir com os alunos da Rede e será intermediado pelo coordenador do programa Amazonas no Enem Sem Fronteiras, professor Aldemir Malveira.

No primeiro bloco serão apresentadas as disciplina de Língua Portuguesa, Literatura, Inglês, Espanhol, História, Geografia e Filosofia. No segundo bloco será a vez dos professores de Matemática, Biologia, Química e Física. Cada professor terá dez minutos para comentar seus três itens.

LEIA MAIS 

Inscrições abertas para aulões gratuitos do Enem no Teatro Manauara