Publicidade
Cotidiano
educação

Seduc lança projeto 'Aulões do Enem 2016'; 48 escolas de Manaus terão transmissão

As aulas ao vivo serão ministradas e transmitidas em sinal via satélite, todos os sábados, das 9h às 12h, para escolas de todos os 62 municípios do Amazonas 08/05/2016 às 22:30 - Atualizado em 09/05/2016 às 16:56
Show hum   am  . wa 010
O lançamento do “Aulões do Enem” 2016 ocorreu no último sábado (7), na sede da Seduc (foto: Antônio Menezes)
Silane Souza Manaus (AM)

Nos últimos anos, a aprovação de estudantes da rede pública estadual de ensino nos vestibulares tem registrado aumento em todas as taxas. Em 2016 mais de 1,7 mil alunos desse sistema foram aprovados no Processo Seletivo Contínuo (PSC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), preenchendo 73,6% das vagas ofertadas, e quase 2 mil em outras Instituições de Ensino Superior (IES) por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), onde a média das escolas estaduais evoluiu 14,5 pontos de 2013 para 2014, dado mais recente.

Parte desse resultado é atribuída a programas preparatórios como o “Aulões do Enem”, cuja versão 2016 foi lançada no último sábado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). As aulas ao vivo serão ministradas e transmitidas em sinal via satélite, todos os sábados, das 9h às 12h, para escolas de todos os 62 municípios do Amazonas. No interior, os “aulões” também vão ser acompanhados, em tempo real, por estudantes e moradores de três mil comunidades rurais, de acordo com o titular da Seduc, Rossieli Soares da Silva.

A previsão, conforme o secretário de Estado de Educação, é que mais de 10 mil alunos assistem aos “Aulões do Enem” a cada sábado. “Esse ano estamos chegando a todos os cantos com expectativa de beneficiar um número maior de alunos. O projeto tem sido um sucesso. No piloto, que lançamos na semana passada, tivemos mais de três mil alunos assistindo as aulas somente na capital e mais de quatro mil no interior. Isso sem nenhum anúncio. Então, a nossa previsão é que ultrapasse mais de 10 mil alunos por sábado”, relatou Rossieli.

O secretário enfatizou a importância da participação dos estudantes, especialmente dos finalistas nos “Aulões do Enem”. “O Enem é, hoje, o principal mecanismo de acesso ao ensino superior no Brasil. Com esse projeto, o Governo do Estado, pretende oportunizar aos alunos da rede pública uma preparação consistente e elaborada por uma equipe especializada. Chamamos os estudantes que tem sonho de entrar numa universidade a realizar esse sonho agarrando essa oportunidade que estamos lhes dando para ajudá-lo a avançar”, disse.

O professor de matemática, que coordena o projeto “Amazonas no Enem sem Fronteiras” da Seduc, Aldemir Malvera, explicou que os “Aulões do Enem” serão realizados até as datas do exame nacional – programadas para ocorrer nos dias 5 e 6 de novembro – e abrangerá todas as disciplinas que constam no conteúdo programático das provas. Conforme ele, no primeiro semestre será ministrado apenas uma matéria por sábado.

Já no segundo, serão ministradas até três matérias, dependendo da proximidade da data de realização do exame. “O projeto ‘Aulões do Enem’ se estende, todo ano, desde 2013, até uma semana antes do Enem acontecer com um grande simulado na rede. Em todas as aulas o professor interage com os alunos, faz correção e tira dúvidas em tempo real”, frisou.

Saiba mais

As inscrições para o Enem 2016 podem ser realizadas entre os dias 9 e 20 de maio pelo endereço eletrônico http://enem.inep.gov.br/participante/.  Os estudantes finalistas da rede pública de ensino e também os candidatos que se declararem “carentes” terão isenção na taxa de inscrição do exame nacional. Aos demais perfis, a taxa para participação no exame será de R$ 68.