Publicidade
Cotidiano
MEIO AMBIENTE

Semana de Redução de Desastres tem início com atividade no Parque Sumaúma

A proposta da Defesa Civil do Amazonas é instruir os estudantes sobre temas que estão diretamente ligados ao dia a dia da população do Estado, como as enchentes e estiagens 09/10/2017 às 12:25 - Atualizado em 09/10/2017 às 14:23
Show desastre2
As palestras educativas estão sendo realizadas no Batalhão de Incêndio Florestal do Corpo de Bombeiros, localizado no Parque Sumaúma. (Fotos: Euzivaldo Queiroz)
Silane Souza Manaus (AM)

“Educar para Prevenir”. Este é o tema da Semana Nacional de Redução de Desastres, cujas atividades tiveram início nesta segunda-feira (09), no Batalhão de Incêndio Florestal do Corpo de Bombeiros, localizado no Parque Sumaúma, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. O evento, que ocorre em todo o Brasil, está sendo coordenado no Amazonas pela Defesa Civil do Estado.

De acordo com o secretário executivo da Defesa Civil Estadual, Fernando Pires Júnior, a proposta da semana é instruir os estudantes sobre temas que estão diretamente ligados ao dia a dia da população do Estado, como as enchentes, estiagens queimadas, entre outros. “A ideia é que a crianças saibam o que fazer em situação de emergência e criem dentro da própria escola núcleos para discutir e difundir essas informações, principalmente junto à comunidade”, destacou.

A programação se estende até a próxima sexta-feira (13), com alunos de escolas localizadas em áreas de risco, catalogadas pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e defesas civis do Município e do Estado.  As instruções educativas contam com a ajuda do mascote do órgão, “Chico Prevenido”. A primeira unidade a participar da programação, nesta segunda-feira, foi a Escola Municipal Ana Mota Braga, do bairro São Sebastião, na Zona Sul.

Fernando Pires enfatizou que levar para dentro das escolas a Política Nacional de Defesa Civil também é uma forma estratégica de ajudar o país a atingir a meta do Marco de Sendai para Redução do Risco de Desastres 2015-2030, onde diversos países do mundo se comprometem a reduzir o número de vítimas de desastres naturais e torná-las resilientes, ou seja, com maior capacidade de lidar com problemas, adaptar-se a mudanças e superar obstáculos.  

O Brasil, segundo ele, está em 10º lugar no ranking dos países com maior número de vítimas por desastres. No Amazonas, onde a maioria dos desastres é sazonal, apenas Manaus é uma cidade resiliente, capaz de responder a um desastre. “A ideia do novo governo é da continuidade a essa política nacional, com apoio do Governo Federal. Estamos entrando com 100% nessa área de prevenção e esta semana é um marco para nós com a disseminação desse assunto nas escolas”.  

Fernando Pires Júnior, secretário executivo da Defesa Civil do Estado

A Semana Nacional de Redução de Desastres foi instituída pela Presidência da República em 2005 e é destinada a aumentar o senso de percepção de risco da sociedade brasileira, apostando na conduta preventiva e preparativa, principalmente das comunidades que vivem em áreas de risco. No âmbito estadual, por meio da lei nº 3.576, ficou instituído também a segunda quarta-feira de outubro de cada ano, como o Dia Estadual de Redução de Desastres.