Publicidade
Cotidiano
Notícias

Semasdh inicia semana de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes no AM

O dia de combate, em 18 de maio, esse ano será prolongado para toda a semana em vários pontos de Manaus. O Mercado Municipal Adolpho Lisboa, na Manaus Moderna, foi um dos locais abordados pelos participantes da caminhada 20/05/2014 às 10:04
Show 1
Mais de 500 pessoas participaram da caminhada promovida pela Semasdh
Jéssica Vasconcelos ---

De acordo com dados da secretaria municipal de assistência social e direitos humanos (Semash), em 2013, só o Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS), registrou 273 ocorrências de abuso sexual e 316 de abandono. Já o Serviço de Acolhimento Institucional Criança e Adolescente (SAI Criança e Adolescente), também registrou números preocupantes, lá deram entrada 1.017 crianças e adolescentes vítimas de negligência e 456 de maus tratos.

Um projeto de lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de crianças e adolescentes foi aprovado na semana passada pelo plenário da Câmara. O projeto, que vai agora à sanção presidencial, prevê que condenados pelo crime não poderão ter nenhum direito à liberdade provisória, anistia ou indulto.

Segundo Goreth Garcia, a aprovação da lei é muito importante para que as pessoas que cometem esse tipo de crime sejam punidas de forma mais rigorosa e as crianças sejam protegidas do abuso sexual.

Nesta terça-feira (20) a mobilização acontece na avenida Djalma Batista, no cruzamento com a avenida Pará, com a distribuição de materiais informativos.