Publicidade
Cotidiano
Notícias

Semsa e Semed promovem evento sobre a prevenção do câncer de mama e de colo do útero

O evento faz parte das atividades do chamado Outubro Rosa, que quer chamar a atenção sobre os perigos do câncer de mama e busca trabalhar melhor a prevenção da doença. O encontro é destinado à servidoras de ambas as secretarias. 09/10/2012 às 16:42
Show 1
Evento promove encontro de servidoras da Semsa e da Semed
acritica.com Manaus (AM)

Como parte das atividades do Outubro Rosa, as Secretarias Municipais de Saúde e da Educação (Semsa e Semed) promovem, na manhã de quarta-feira (10), um evento que tem a finalidade de reforçar, junta às servidoras das duas instituições, a importância da prevenção ao câncer de mama e de colo do útero. A programação acontece das 8h30 às 9h30, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, no Parque 10, e incluirá uma palestra proferida pelo médico mastologista Gerson Mourão.

No dia 15, como atividade complementar ao evento desta quarta-feira, uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher será posicionada no pátio da Semed, onde permanecerá por duas semanas, realizando exames de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo de câncer do colo do útero. Os dois primeiros exames necessitam de requisição médica.

“Esta ação é uma iniciativa da Semsa e da Semed, mas outros órgãos da Prefeitura também podem participar. Informações podem ser obtidas pelo telefone 3642-9997”, explica a enfermeira Rita Castro, do Setor de Saúde da Mulher, da Semsa.

Rita Castro salienta que as mulheres na faixa etária entre 50 a 69 anos, pelo menos a cada dois anos, devem fazer o exame de mamografia, conforme preconiza o Instituto Nacional do Câncer (INCA), sendo que esse exame para rastreio pode iniciar a partir dos 40 anos, segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia.

“Estudos demonstram que as mulheres com maior risco em desenvolver câncer de mama são aquelas entre 50 a 69 anos. Em qualquer idade, mulheres com nódulos mamários também podem fazer mamografia, sendo esta diagnóstica, conforme avaliação médica”, destaca Rita.

Reforço

Nos últimos três anos, a rede municipal de saúde da capital recebeu um reforço importante para as ações de prevenção ao câncer de mama. Além de ampliar o número de policlínicas com a oferta do serviço de mamografia, a Prefeitura de Manaus foi pioneira na implantação das Unidades Móveis de Saúde da Mulher, mais conhecidas como “Carretas da Mulher”. 

Até 2010, apenas a Policlínica Djalma, na Compensa, dispunha de mamógrafo. Em janeiro de 2011, o serviço passou a ser oferecido na Unidade de Saúde Ambulatorial Alfredo Campos, no bairro do Zumbi. Em dezembro do mesmo ano, foi a vez da Policlínica Comte Telles, no bairro de São José, ofertar o serviço. O mais recente reforço veio com a inauguração da Unidade de Saúde Ambulatorial Major Sálvio Belota, localizada no bairro Santa Etelvina, que também dispõe de mamógrafo.

Em agosto de 2011, a Semsa iniciou o processo de implantação das Carretas da Mulher. Hoje, já são 06 unidades do tipo funcionando e levando a todos aos bairros da cidade, os serviços de mamografia, ultrassonografia e coleta de exame preventivo do câncer do colo do útero. Em pouco mais de um ano de funcionamento, as seis unidades móveis já realizaram mais de 50,3 mil exames, incluindo 15 mil mamografias.

Semelhança

No último dia 1º de outubro, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou a portaria que cria o Programa Mamografia Móvel, destinado a qualificar e ampliar a assistência oncológica no País e que será executado em parceria com Estados e Municípios. O programa prevê a implantação de Unidades Oncológicas Móveis, que percorrerão as cidades para a realização das mamografias, num modelo bastante semelhante ao do programa implantado pela Prefeitura de Manaus há um ano.