Publicidade
Cotidiano
Notícias

Sepror entrega R$180 milhões em crédito rural em 2012

A linha de crédito especial era destinada apenas aos agricultores do Nordeste que sofrem com a seca e, com a enchente deste ano, foi estendida ao Amazonas 22/12/2012 às 11:45
Show 1
Auxílio dado pelo governo a produtores atingidos pela cheia superou anos anteriores
A Crítica Manaus, Am

Apesar das dificuldade enfrentadas pela maior cheia de toda a sua história, atingindo 29,97 metros, o setor rural no Amazonas encerrou o ano com saldo positivo, segundo balanço divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), que entregou R$ 180 milhões em crédito especial para recuperar a safra perdida, superando a média anual de R$ 25 milhões e o volume máximo até então atingido, em 2009, de R$ 54 milhões.

A linha de crédito especial era destinada apenas aos agricultores do Nordeste que sofrem com a seca e, com a enchente deste ano, foi estendida ao Amazonas. A ação para recuperar a produção perdida no campo por conta da enchente atingiu quase a metade dos produtores rurais do Estado, que, segundo o IBGE, o número total é de 276 mil trabalhadores. Mais de 23 mil famílias de 53 municípios foram beneficiadas pelo financiamento do crédito especial, alcançando mais de 115 mil pessoas assistidas pela ação.

De acordo com o secretário estadual de Produção Rural, Eron Bezerra, destacou  eficiência do Governo do Estado diante dos problemas que atingem os trabalhadores do interior do Amazonas. “Além do registro da subida do nível da água, agora temos recorde no financiamento da produção rural, sobretudo da agricultura familiar”, enfatizou.