Publicidade
Cotidiano
Notícias

Serafim Corrêa se reúne com direção do partido nesta segunda para definir apoio no 2º turno

Serafim Corrêa (PSB) teve 11,64%, que, se transferidos para o canditado com PSDB, Artur Neto seria o prefeito de Manaus. PSB fez dois vereadores em Manaus 07/10/2012 às 20:28
Show 1
Serafim Corrêa chegando ao debate desta segunda (1º de outubro) da TV A Crítica
acritica.com Manaus (AM)

O candidato do PSB à prefeitura de Manaus, Serafim Corrêa, que teve 11,64% dos votos em Manaus, vai se reunir nesta segunda-feira (8) com o presidente estadual do PSB, Marcelo Serafim – eleito vereador de Manaus – e Joaquim Lucena, presidente do diretório municipal, para definir o apoio no segundo turno.

Serafim foi secretário de Economia e Finanças na Prefeitura de Manaus em 1989, quando Artur Neto foi prefeito, mas ele disse que precisa de uma reunião do partido para definir com quem vai marchar no segundo turno das eleições em Manaus.

"Eu não sou dono do partido. Vamos nos reunir e decidir isso amanhã (segunda-feira). Hoje estamos todos cansados, mas amanhã teremos condições de sentar e definir. A única coisa que tenho como certa é que vamos apoiar alguém no segundo turno", disse Serafim Corrêa.

O candidato do PSB se esquivou quando perguntado sobre a amizade com Artur Neto, mas lembrou que o PSB enfrentou o PT em duas grandes capitais – Recife (PE) e Belo Horizonte (MG) – venceu as duas, mas deixou entender que, o fato de Vanessa Grazziotin (PCdoB), que ficou sem segundo lugar, ter o candidato a vice do PT, não os obriga a apoiar o PCdo B.

Além de Serafim, Artur Neto e Vanessa Grazziotin terão de brigar pelos votos dos candidatos Henrique Oliveira (PR), que obteve 16,46%; Sabino Castelo Branco (PTB) 7,30%; Pauderney Avelino 2,81%; Jerônimo Maranhão (PMN) 0,64%; Luiz Navarro (PCB) com 0,42% e Herbert Amazonas 0,42%.