Publicidade
Cotidiano
Notícias

Serviço de atendimento gratuito vai informar e ouvir a juventude de Manaus

Por meio de ligação gratuita, os jovens poderão obter informações, fazer críticas e dar sugestões sobre projetos da administração municipal  21/06/2012 às 15:53
Show 1
O lançamento do projeto contou com a presença do secretário Municipal de Governo, José Pacífico
A critica.com Manaus

A Secretaria Municipal de Juventude (Semje) lançou, nesta quarta-feira (20/06), o Serviço de Atendimento à Juventude (SAJ), que será um canal direto de comunicação do jovem com o poder público municipal. O atendimento é feito por meio do número 0800 092 0111. A ligação é gratuita, mesmo originada de telefone celular.

Por meio do SAJ, os jovens poderão obter informações sobre projetos e programas dos governos municipal, estadual e federal, além de fazer críticas ou dar sugestões de melhorias de políticas públicas. O serviço é disponibilizado dentro da própria secretaria, com espaço adequado e funcionários capacitados para fazer o atendimento ao público.

O lançamento do projeto contou com a presença do secretário Municipal de Governo, José Pacífico; do coordenador geral dos Conselhos Tutelares de Manaus, João Furtado; além de líderes comunitários, representantes de movimentos sociais e de entidades ligadas à juventude.

De acordo com o titular da Semje, Ivan Brito, o serviço está ligado ao Departamento de Políticas Públicas da secretaria e servirá para nortear as ações destinadas à juventude da cidade, cuja população soma mais de 500 mil pessoas. “Será um meio para que a sociedade possa interagir conosco, trazendo as demandas para a secretaria”, ressaltou.

O coordenador geral dos Conselhos Tutelares de Manaus, João Furtado, elogiou a iniciativa e afirmou que o serviço será muito importante para o trabalho da entidade. “Nós vamos levar ao conhecimento da Semje as nossas necessidades. Vamos buscar parcerias para projetos que possam oferecer ocupação e qualificação profissional para os jovens que estão em situação de risco social”, afirmou.

A presidente do Movimento de Apoio às Entidades Comunitárias do Estado do Amazonas (Maecam), Áurea Fernandes, informou que a equipe irá ajudar na divulgação do projeto. “Nós achamos a ideia maravilhosa e acreditamos que será muito importante. A secretaria está fazendo com que a população se sinta parte dela e tira um pouco do vazio que ainda existe entre o poder público e a sociedade”, avaliou.