Publicidade
Cotidiano
Notícias

Serviço dos Correios não chegam ao Prosamim da Cachoeirinha

Moradores reclamam que não recebem correspondencias importantes, o que gera um transtorno aos moradores. Eles levaram as reclamações a audiência pública da Assembléia Legislativa do Amazonas para que as autoridades tomem providências. 16/07/2012 às 17:49
Show 1
Moradores do Prosamim da cachoeirinha sofrem com a falta de serviço dos Correios
acritica.com Manaus

Moradores do Parque Residencial Gilberto Mestrinho, unidade do Prosamim (Programa de Habitação Municipal)  na Cachoeirinha, Zona-Sul de Manaus, denunciaram ao deputado estadual Luiz Castro (PPS) a inexistência dos serviços da Empresa de Correios, causando transtornos às pessoas que ficam sem receber correspondências. Eles pedem a criação de um Código de Endereçamento Postal (CEP) na avenida Beira Rio, a principal via do conjunto.

Em audiência pública realizada na Assembléia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), que discutiu melhorias para o conjunto, os moradores reclamaram da falta do serviço e disseram que procuraram os Correios, mas foram informados de que a avenida Beira Rio não possui CEP porque a Prefeitura de Manaus não havia ainda solicitado a criação de um código para aquele logradouro.

Na Prefeitura, eles foram informados de que o município não poderia fazer o pedido, porque não era responsável pela administração da avenida Beira Rio, que fora construída pelo Governo do Estado, e ainda não havia sido entregue à administração municipal.

Para o deputado Luiz Castro, há um descaso da gerência do Prosamim para com os moradores. O conjunto, segundo ele, deveria ter sido entregue com a transferência da avenida para ser cadastrada pela PMM. “Até o momento não houve nenhuma dessas ações, impedindo que os Correios criem o CEP, e o prejudicado é o morador”, constata o deputado.