Publicidade
Cotidiano
Notícias

Servidores federais do Amazonas realizam novo ato unificado

O ato será uma forma de pressionar o governo federal a apresentar uma resposta concreta à categoria durante uma reunião agendada para amanhã em Brasília 30/07/2012 às 11:45
Show 1
De acordo com a categoria, a ideia é denunciar o que eles consideram falta de respeito por parte do governo federal com os servidores públicos
acritica.com Manaus

Na manhã desta terça-feira (31), os servidores federais em parceria com docentes da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), realizam mais um ato unificado da categoria. O ato será uma forma de pressionar o governo federal a apresentar uma resposta concreta à categoria durante uma reunião agendada para esta terça (31) em Brasília. A expectativa, segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Amazonas (Sindsep-AM), é que 1,5 mil trabalhadores participem da passeata.

A concentração dos servidores será a partir de 8h em frente ao Ifam. A previsão é que às 9h iniciem a marcha, que seguirá pela ponte Sete de Setembro e acabará no largo do Mestre Chico com um grande ato unificado.

“Essa semana será decisiva para nossa classe. Esperamos que essa nova reunião no Ministério do Planejamento traga bons resultados”, disse Menandro Sodré, secretário-geral do sindicato.

Até o momento, cinco órgãos federais no Estado estão em greve, que já dura 28 dias. Fundação Nacional de Saúde (Funasa)/Ministério da Saúde/Secretária Especial de Saúde Indígena (Sesai), Fundação Nacional do Índio (Funai), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Ministério da Agricultura e Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa) decidiram aderir a greve. Essa semana, servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) avaliam a adesão do órgão a greve geral.

A principal demanda dos servidores é a reestruturação das diversas carreiras do setor público, visando uma política eficiente que garanta qualidade dos serviços prestados à sociedade. Além do Sindsep-AM e dos docentes da Ufam, servidores do IBGE, Ifam, Incra, Inpa, Funasa, Ministério da Saúde e Funai devem participar do ato.

A passeata desta terça-feira é o terceiro ato público unificado que a categoria participa. A primeira atividade conjunta foi realizada no dia 6 de julho, no Centro de Manaus e o segundo ato correu no bairro do Aleixo, Zona Centro-Sul, no último dia 19.