Publicidade
Cotidiano
Notícias

Site reúne eventos científicos espalhados pelo país

Amazonense Bruno Andrade e o carioca Thiago Sobral desenvolveram espaço gratuito na internet que reúne os mais diferentes eventos acadêmicos nos quatro cantos do Brasil. O EventosCientificos.org ajuda o acadêmico a pesquisar onde há eventos em sua área de estudo para participar e até mesmo expor trabalhos 22/11/2012 às 15:26
Show 1
O site EventosCientificos.org ainda está em sua versão beta mas já alcança todas as universidades do país
Bruno Strahm Manaus (AM)

Dois amigos criaram um site de divulgação de eventos científicos em universidades brasileiras que entrou em operação no fim de maio deste ano. A idéia surgiu da necessidade, segundo seus criadores, de um espaço onde fosse possível compartilhar em apenas um local, a divulgação de diversos eventos acadêmicos de todas as áreas do conhecimento.

Bruno Andrade, 22, formado em Letras pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e Thiago Sobral, 24, formado em matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), são amigos de infância e estavam finalizando seus respectivos cursos quando perceberam que estava difícil encontrar eventos onde pudessem expor seus trabalhos.

Em conversas sobre este assunto por meio do Skype, eles resolveram desenvolver juntos o projeto EventosCientificos.org. "Achamos que a divulgação deste tipo de coisa era muito precária, pois cada universidade faz isso em seu próprio site e preferem os meios de comunicação para divulgar", comentou Bruno Andrade.

"A pessoa tem que ter o trabalho de procurar pela internet, e isso leva mais tempo. Surgiu a idéia de juntar tudo em um só site, em que o próprio participante poderia fazer a divulgação do evento em que está trabalhando. O Thiago fez a parte de programação e eu usei meu know how em web design", acrescentou.

Diversificação
O site, que ainda está em sua versão 'beta', reúne um número impressionante de eventos dos mais diversos segmentos científicos espalhados pelo país.

O boca a boca entre os alunos começou no círculo de amizade dos dois empreendedores do conhecimento, e logo se espalhou dentro das comunidades acadêmicas de todo o Brasil.

Funciona de forma colaborativa: o internauta interessado em divulgar simpósios, fóruns, palestras ou afins cadastra-se no site e espera a avaliação dos moderadores, e enfim, o evento ganha divulgação. O usuário pode ler informações sobre o calendário, do que se trata, qual sua finalidade, qual o tipo além de poder fazer contato com seus realizadores.

"Não existe outra coisa parecida no Brasil, pelo menos que eu saiba. Também não armazenamos qualquer tipo de trabalho. Oficinas e workshops por exemplo estão fora. Propomos-nos apenas em ser um site que facilite a vida do acadêmico na sua graduação ou pós-graduação, procurando eventos pelo país que lhe interessem e que irão agregar valor intelectual para ele no futuro", disse Andrade.

A colaboração das universidades com o site tem sido positiva. Mas, a proximidade com as assessorias de comunicação primeiramente foi tímida e, aos poucos, tem mudado, segundo Andrade.

"Hoje as universidades, principalmente do eixo Sul e Sudeste, nos mandam material. Mas aqui no Norte nós ainda encontramos dificuldade em firmar parcerias. O que queremos mesmo é trabalhar como um tipo de consórcio com as instituições. Geralmente nós ficamos conhecidos primeiramente entre o corpo discente e docente, depois é que os setores administrativos da reitoria nos procuram".


Planos
Após criarem uma página na rede social Facebook que já foi 'curtida' por mais de mil pessoas, o volume de cadastrados no EventosCientificos.org tem crescido bastante. Os dois já pensam em montar uma equipe fixa para auxiliar na administração do site, além de rumar para outro país.

"Hoje eu sou professor e o Thiago está fazendo mestrado em Portugal. Fica muito puxado para nós avaliarmos todos os pedidos de cadastro que recebemos dia a dia. Para 2013, queremos chamar mais pessoas para trabalhar conosco, mas é difícil, já que não temos qualquer pretensão de ganhar dinheiro com isso".