Publicidade
Cotidiano
Notícias

STF: Lewandowski retorna ao plenário após discussão com Barbosa

Revisor discutiu com Barbosa por não aceitar a inversão da ordem de julgamento, com a antecipação da fixação das penas do núcleo político antes do núcleo financeiro 12/11/2012 às 19:12
Show 1
Lewandowski agradeceu as palavras do presidente da Corte pelo seu retorno
Débora Zampier/ Agência Brasil Brasília

A sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) foi retomada após o intervalo na tarde desta segunda-feira (12) com a presença do ministro-revisor da Ação Penal 470, Ricardo Lewandowski. Ele deixou o plenário logo no início da sessão após discussão com o relator Joaquim Barbosa. O revisor discordou da inversão da ordem de julgamento, com a antecipação da fixação das penas do núcleo político no lugar do núcleo financeiro.

Assim que a sessão recomeçou, o presidente Carlos Ayres Britto cumprimentou o retorno de Lewandowski, dizendo que o ministro "assume indispensável e altaneiro papel de revisor do processo". "Ele incorpora nosso esforço conjunto, de levar adiante esse emblemático processo penal sem prejuízo da segurança técnica”, disse.

Ainda de acordo com o presidente, as pessoas podem até estranhar as discussões acaloradas, mas elas são sinal de que não há combinações de votos no plenário. “Muitas vezes, os silêncios são mortos, como de cemitério. E outras vezes, os ruídos discursivos nos instigam a novas reflexões, superação de impasses, como tem ocorrido aqui”.

Barbosa não fez comentário, mas Lewandowski pediu um aparte para agradecer as palavras do presidente. “As recebo como um desagravo pessoal em nome da Corte”, salientou.