Publicidade
Cotidiano
MEDIDA

Susam fecha acordo com mais 77 empresas que prestam serviços na saúde

As empresas, de segmentos como engenharia, telefonia, limpeza e alimentação, concordaram com o calendário regular de pagamento dos passivos, a partir de dezembro 28/11/2017 às 21:10
Show amazonas
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Mais 77 empresas que prestam serviços diversos para a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) fecharam acordo, nesta terça-feira (28), com o Governo do Amazonas. As empresas, de segmentos como engenharia, telefonia, limpeza e alimentação, dentre outras, não necessariamente ligadas à área de saúde, assinaram ata concordando com o cronograma de pagamentos proposto pelo Estado, relacionado às dívidas que foram herdadas de administrações anteriores.

Os representantes das empresas destacaram a transparência com que o assunto está sendo tratado pela nova gestão da Susam. Segundo o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, o pagamento de empresas de área meio representa um total de R$ 37 milhões por mês, no orçamento da secretaria. O acordo fechado estabelece um calendário regular de pagamento dos passivos, a partir de dezembro.

Presente na reunião, o secretário executivo da Susam, Orestes de Melho Filho, destacou que, excepcionalmente, o sistema da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) funcionará normalmente em janeiro, para cumprir com o acordo firmado na área da saúde.

O secretário-executivo destacou que o acordo é fruto da determinação do governador Amazonino Mendes, que decidiu priorizar o setor, autorizando a disponibilização de recursos pela Sefaz. “Apresentamos uma programação de pagamentos, que representa um avanço muito grande para que essas empresas possam ter a tranquilidade de saber quando vão receber e honrar os seus compromissos com os seus colaboradores”, declarou.

A empresa Podium, que presta serviços de limpeza e conservação em unidades de saúde, foi uma das que assinou o acordo com o governo. “O Governo do Estado tomou uma decisão inédita hoje. Nos últimos cinco governos que passaram por aqui, os fornecedores estiveram com faturas atrasadas e nunca tivemos uma reunião desse nível, que dá uma esperança maior para o fornecedor. Esta reunião traz muitos benefícios para os fornecedores e, acima de tudo, para os colaboradores, que trabalharam e são dignos do seu salário”, ressaltou o representante da empresa, Lincoln Silva.

O representante da empresa Iontech, Marcos Sobral, parabenizou a transparência na nova gestão da Susam. “Ficamos com uma luz no fim do túnel. Fizemos um acordo e vamos receber um passivo que não tínhamos nem previsão. A Susam foi bem transparente”, disse.

Acordo com empresas médicas

Na última semana, 99% das empresas médicas que prestam serviços à rede pública concordaram e assinaram acordo proposto pelo Governo do Amazonas, para o parcelamento das dívidas que foram herdadas de administrações passadas. O acordo está sendo feito com base na capacidade orçamentária do estado e de seguindo as diretrizes legais.

O secretário Francisco Deodato frisa que esta é a primeira vez que é estabelecido um acordo com definição de calendário e forma de pagamento de passivos e que a Susam tem orientado as empresas para que priorizem o salário dos funcionários.