Publicidade
Cotidiano
Notícias

Taxa de rejeição de Artur é de 24%, a de Vanessa, 15%

Entre os eleitores que declararam voto a Artur, 27% podem mudar de opinião. No eleitorado de Vanessa, essa taxa é de 31%. Dos 1.068 eleitores abordados pela pesquisa A CRÍTICA/Action 10% disseram que  não sabem em quem irão votar e 5% votarão em branco ou anularão o voto. 01/09/2012 às 18:30
Show 1
Artur Neto tem maior rejeição que Vanessa
Lúcio Pinheiro Manaus (AM)

Dos eleitores que declararam intenção de voto para Artur Neto (PSDB), 63% disseram que a escolha é definitiva, e 27%  que podem mudar de opinião. No eleitorado de Vanessa Grazziotin (PCdoB), 66% afirmaram que se manterão fiéis à candidata, e 31% responderam que ainda podem mudar o voto.

Serafim Corrêa (PSB) tem 58% de eleitores decididos a votar nele no dia 7 de outubro, e 36% admitiram que podem migrar para outro candidato. Entre as pessoas que manifestaram vontade de votar no candidato do PR, Henrique Oliveira, 58% defenderam que a decisão é definitiva, e 38% confessaram que podem mudar de escolha. 

Sabino Castelo Branco (PTB) teve a maior manifestação de fidelidade dos eleitores: 77%. Outros 21% disseram que podem abandonar o candidato até o dia da votação. É definitiva a decisão de votar em Pauderney Avelino (DEM) para 57% dos eleitores dele. Mas para 43%, ainda é possível trocar o democrata por outro concorrente. Entre os eleitores de Luiz Navarro (PCB), 44% declararam que ainda podem mudar de opnião; 56% manifestaram fidelidade ao comunista.

Rejeição

Quando a pergunta foi em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, Artur obteve a maior rejeição 24%. Sabino foi o segundo candidato mais rejeita do (18%), seguido de Serafim, 17% e Vanessa, 15%. Os candidatos que apresentam menor índice de rejeição são Navarro (5%), Pauderney (2%), Jerônimo (2%), Herbert (2%) e Henrique (1%). As Zonas Oeste (27%), Leste (25%) e Norte (24%) foram as áreas onde Artur obteve o maior índice de rejeição. A candidatura de Sabino é mais rejeitada nas zonas Norte, Sul e Centro Sul, todas com porcentual de 20%.

O nome de Serafim enfrenta mais resistência nas Zonas Leste (20%), Norte (19%) e Centro Sul (18%). O número de eleitores que declaram não votar em Vanessa de jeito nenhum é maior nas Zonas Sul (21%), Oeste (16%) e Centro-Oeste (15%). Henrique é o único candidato a prefeito que apresentou índice de rejeição 0% nas Zonas Norte e Leste. A candidatura do deputado foi mais rejeitada na Zona Centro-Sul.

Quem vencerá?

Os pesquisadores também perguntaram aos eleitores quem dos nove candidatos tem mais chances de ganhar as eleições para prefeito, mesmo  sem o voto deles. Dos 1.06consultados, 39% indicaram o nome de Artur Neto, enquanto 31% apostaram em Vanessa. Serafim vencerá para 9% das pessoas ouvidas.

Já 5% acreditam na vitória de Sabino; 3% na de Henrique; e 2% no sucesso de Pauderney. Navarro, Herbert e Jerônimo não foram lembrados pelos eleitores nessa fase da pesquisa A CRÍTICA/Action.

Tucano tem mais chances, arrisca eleitor

Em quatro das seis zonas geográficas de Manaus nas quais a pesquisa A CRÍTICA/Action foi realizada os eleitores afirmaram que  Artur Neto tem mais chances  de vencer o pleito. 

A opinião do eleitor sobre quem irá vencer o pleito, independente do voto dele, foi detalhada por zona geográfica, pela pesquisa. A pergunta feita: Qual dos candidatos, na sua opinião, tem mais chances de ganhar as eleições para prefeito, mesmo que o senhor (a) não vote nele (a)?

Para 41% dos pessoas consultadas na Zona Norte, Artur Neto será o novo prefeito. Nessa área da cidade, Vanessa ficou com 30%; Sabino Castelo Branco obteve 7%; Serafim Corrêa com 6%; Henrique Oliveira com 4%. E Pauderney com 1%.

O  tucano também foi citado por 51% dos pesquisados na Zona Sul como o candidato com mais condições de ganhar a disputa. Para 27% dos eleitores, é Vanessa quem vai sair vitoriosa. Serafim vai ser prefeito novamente para 8%. Pauderney e Sabino ficaram com 4% das apostas.  Henrique com 2% e Navarro com apenas 1%. 

Na Zona Centro-Sul, 45% da amostra ouvida acredita que o ex-senador será o mais votado na eleição. Na opinião de 32%, é de Vanessa as maiores chances de ganhar. Serafim foi citado por 5%, Sabino por 4%, Henrique por 2%, Pauderney e Herbert por 1% cada um. Artur também foi o mais citado na Zona Leste.

Contudo, nas Zonas Oeste e Centro-Oeste a senadora Vanessa Grazziotin aparece à frente de Artur na percepção do eleitor sobre quem vencerá o pleito do dia 7 de outubro.