Publicidade
Cotidiano
Notícias

Terceira criança baleada durante carnaval de Manaus corre risco de ficar tetraplégica

O menino de apenas 12 anos foi atingido na nuca e corre o risco de ficar tetraplégico. Até o momento ninguém foi preso 21/02/2012 às 13:46
Show 1
O crime está sendo investigado pelo 6º DIP
Mariana Lima Manaus

Uma briga entre gangues rivais da Zona Norte de Manaus resultou em três balas perdidas que atingiram um criança de 12 anos. O menino foi baleado na nunca e corre risco de ficar tetraplégico.

Segundo informações do delegado do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Luciano Calixto Junior, a criança saia de uma festa de carnaval no bairro Fazendinha, Zona Norte, na noite da última segunda-feira (20), com outros seis menores quando se deparou com quatro jovens, ainda não identificados, pertencentes a gangues rivais.

“Os jovens começaram a realizar disparos. Um deles foi para cima e outros dois em direção aos menores, chegando a acertar o adolescente”, disse o delegado.

O garoto foi baleado na altura do queixo e o disparo perfurou a nuca. Segundo informações da polícia a criança foi encaminhada ao Hospital Pronto Socorro João Lúcio em estado grava e com riscos de ficar tetraplégico.

O delegado afirmou ainda que os familiares do adolescente já foram identificados e notificados a comparecerem para prestar esclarecimentos. Na hora do crime o adolescente estava acompanhado apenas da irmã, também menor de idade.

O titular do 6º DIP disse que testemunhas já foram ouvidas e que as investigações em busca dos infratores estão bem evoluídas.

Este é o terceiro caso em que adolescentes e crianças foram feridas com disparos de arma de fogo desde a última sexta-feira (17). Wellen de apenas 12 anos foi baleada quando se preparava para desfilar no carnaval e Francisco Sávio, 10, morreu com um tiro a queima-roupa no coração no último sábado (18).