Publicidade
Cotidiano
Notícias

Traficante é executado com nove tiros no bairro da Alvorada II

Ramon José de Araújo Libório era envolvido com tráfico de drogas e foi morto a tiros na tarde desta terça-feira (27) por homens encapuzados. Policiais militares revelaram que a vítima era de alta periculosidade, que mandava matar devedores, desafetos e policiais militares 27/11/2012 às 20:32
Show 1
Traficante do Alvorada II é morto a tiros por homens encapuzados
Maria Derzi Manaus (AM)

Ramon José de Araújo Libório, 26 anos, conhecido traficante de drogas do bairro do Alvorada II,  que mandava matar desafetos e policiais militares que tentavam prendê-lo pelo envolvimento com entorpecentes, foi executado na tarde desta terça-feira (27) com nove tiros dentro do próprio carro. O crime aconteceu por volta das 15h em frente da casa de sua mãe, na rua 14 Alvorada II, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Ramon tinha ido almoçar com a mãe, Oneide Araújo e a esposa, Marcela da Silva Aires quando foi abordado dentro do carro, um Cerato de placa NOV-6136. Três homens desceram de um Palio cor prata, abriram a porta do motorista e dispararam nove tiros contra ele. Ramon ainda tentou se salvar empurrando a esposa para fora do carro, mas não teve tempo de desviar dos tiros. Ele foi atingido na cabeça, no pescoço, no peito e nos braços.

Segundo a esposa, os assassinos aparentavam ser adolescentes. A mãe ficou desnorteada e disse que não imagina quem tenha feito isso com o filho. “Foi tudo muito rápido. Quem viu tudo foi a minha nora que estava com ele dentro do carro”, disse Oneida. Quando perguntada se havia ideia sobre suspeitos de terem cometido o crime, Oneida desconversou. “Não, nós ainda não suspeitamos de ninguém”, disse.


Os vizinhos de Oneide confirmaram que Ramon era envolvido com tráfico de drogas. Já os policiais militares revelaram que a vítima era um traficante perigoso, que mandava matar quem estava lhe devendo, os desafetos e os policiais. Um policial militar chegou a ser vítima de três atentados cometidos sob as ordens de Ramon.