Publicidade
Cotidiano
Notícias

Travesti é encontrado morto na Zona Leste de Manaus

Valdir Conceição estava desaparecido desde sexta-feira (12). Há suspeitas de que tenha sido vítima de crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Vizinhos relataram  também que Valdir era querido no bairro e que raramente levava amigos para sua casa 14/10/2012 às 15:21
Show 1
Vizinhos ajudaram peritos do IML no resgate do corpo no local de difícil acesso, enquanto moradores, com celular, registraram as últimas imagens do cozinheiro
acrítica.com Manaus

O Instituto Médico Legal (IML) resgatou na manhã deste domingo, na rua Jaboirana, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste,  o corpo em decomposição do cozinheiro Valdir da Mota Conceição, 47, conhecido também como  travesti “Kelly” ou “Preto”. Valdir Conceição estava desaparecido desde sexta-feira (12) e foi  encontrado dentro da residência onde morava com marcas de violência pelo corpo.

De acordo com o delegado do 14º Distrito Policial (DIP), Ricardo Medrado, a suspeita é de que Valdir tenha sido vítima de crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Ele juntava dinheiro para comprar uma casa e chegou a comentar o assunto com pessoas do bairro.

 O mau-cheiro levou os vizinhos a acionar a polícia civil. Segundo peritos, o corpo do cozinheiro  apresentava vários sinais de violência física e a casa estava revirada. 

Segundo o delegado, não foram encontradas marcas de tiro no corpo,  mas os peritos irão averiguar sinais de facas no corpo do rapaz.     

A irmã de Valdir,  Silvana Mota, disse que havia juntado uma quantia para ajudar o irmão para a compra do imóvel.  Ela confirmou que o irmão era travesti, mas comentou: “Meu irmão era solteiro e eu nunca o vi com ninguém”.

Vizinhos relataram  também que Valdir era querido no bairro e que raramente levava amigos para sua casa.  “Ele era uma pessoa querida e sempre cumprimentava todo mundo”  comentou o vizinho José Marques.