Publicidade
Cotidiano
ESPECIALIZAÇÃO

Três mil PMs passarão por cursos para garantir progressão de carreira no Amazonas

A medida também inclui um curso de especialização para aperfeiçoar oficiais, que ocorrerá em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) 10/10/2017 às 19:21
Show pms 123
Foto: Clovis Miranda/Secom
acritica.com Manaus (AM)

 A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) vai qualificar cerca de três mil policiais em cursos de formação que asseguram a progressão de carreira e a promoção salarial. Em um mês, duas turmas de formação para cabos e sargentos começam as aulas. Definida pelo vice-governador e secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, a medida também inclui um curso de especialização para aperfeiçoar oficiais, que ocorrerá em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

 Nesta terça-feira (10), Saraiva reuniu com o comandante-geral da PMAM, coronel David Brandão, para começar a implantar o pacote de melhorias para o setor anunciadas pelo governador Amazonino Mendes. 

O curso de formação para cabos e sargentos já começa em outubro. Com a formação, os policiais militares que receberam promoções ampliam conhecimento e se habilitam para progressão futura na carreira. A primeira turma inicia aulas em 15 dias, conforme o calendário definido pela PM. 

Levantamento de vagas

Bosco Saraiva também cobrou a elaboração de um levantamento de vagas da PMAM para a realização de concurso público e um cronograma para o pagamento de auxílio fardamento, em dinheiro, no contracheque dos policiais militares. 

“A equipe técnica da Polícia Militar está finalizando a análise das necessidades e vamos deixar no formato para a realização do concurso público que vai recompor os quadros na capital e interior”, disse o vice-governador.

Cronograma

 De acordo com Bosco Saraiva, o cronograma da implantação das medidas será apresentado ao governador Amazonino Mendes. “Nessa reunião, também ultimamos o calendário que a gente vai levar à aprovação do governador Amazonino para o depósito do recurso relativo ao fardamento, cujo auxílio virá a partir de agora em dinheiro”, explicou. O valor do auxílio ainda está sendo calculado e a expectativa é que os pagamentos ocorram uma vez por ano.

LEIA MAIS 

‘É ronda total’, afirma Bosco Saraiva durante abertura de operação de segurança