Publicidade
Cotidiano
Notícias

Treze municípios em situação de emergência no Amazonas

Parintins foi o último a decretar situação de urgência entre os municípios do Amazonas, até o momento 22/01/2013 às 16:22
Show 1
Prefeito de Parintins Alexandre da Carbrás decreta situação de urgência
Ana Carolina Barbosa Manaus

A Prefeitura de Parintins (a 368 quilômetros de Manaus) decretou, nesta segunda-feira (21/01), situação de emergência na cidade. Entre as alegações está a ausência de documentos que apontem a real situação da localidade. Este é o décimo terceiro município a entrar nesta classificação. O último havia sido Envira, cujo decreto foi publicado na sexta-feira passada. Esta condição permite que o gestor contrate serviços sem licitação de modo a garantir a continuidade dos serviços essenciais.

A situação de emergência tem a duração de 90 dias prorrogáveis por igual período. Conforme nota enviada pela assessoria da Prefeitura de Parintins, motivaram a decisão os seguintes fatores: documentos extraviados, patrimônios deteriorados e a falta de informação exata de como estavam os setores da prefeitura.

O levantamento foi feito pela equipe de transição e secretários do prefeito recém empossado Alexandre da Carbrás. “Inclusive, no dia 30 de janeiro, entregaremos nas mãos do presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) o relatório da comissão de transição que constará o confronto do que nos deram até 31/12/2012 e o que nós encontramos no município”, explica, por meio de sua assessoria, o prefeito. 
O envio dos documentos e do relatório, ao TCE - AM, sobre a situação precária do município de Parintins, obedece à resolução 021/2012 do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas.  

Antes de Alexandre da Carbrás, a ilha Tupinambarana, como é conhecida a cidade dos Bumbás, tinha como chefe do executivo Frank Bi Garcia, o qual também havia decretado situação similar, no final do ano passado, em decorrência dos efeitos da cheia que atingiu quase 100% do Estado em 2012.. A equipe de reportagem tentou contato com o ex-prefeito pelo telefone 94**-**56, mas não obteve sucesso.

Os demais municípios em situação de emergência são: Ipixuna, Envira, Uarini, Novo Airão, Tefé, Coari, Rio Preto da Eva, Maués, Benjamin Constant, Beruri e Nova Olinda do Norte.