Publicidade
Cotidiano
Notícias

Turista pode aproveitar a baixa estação

Viajar para o exterior entre os meses de agosto e novembro pode representar uma economia de até 50% para o turista, na comparação com o período de alta temporada 19/08/2012 às 19:06
Show 1
Aproveite a baixa estação para viajar
Priscila Mesquita Manaus

Quem quer viajar para Miami, Caribe ou para a Europa ainda este ano, mas não quer gastar muito na viagem, pode economizar até 50% se decidir embarcar na baixa estação. Segundo especialistas consultados por A CRÍTICA, de agosto a novembro os preços das passagens aéreas e de alguns serviços ficam bem abaixo dos encontrados nos meses de dezembro, janeiro, julho ou em períodos de feriado.

Mas, além de adquirir o bilhete na baixa temporada, é importante programar a viagem com alguns meses de antecedência para aproveitar melhor os descontos. Essa foi a estratégia encontrada pela jornalista Layana Rios, que escolheu o mês de outubro para passar as férias em Fort Lauderdale (a 40 minutos de Miami) e Los Angeles.

Além da praia, seu roteiro incluía um jogo de basquete e uma visita à Universal Studios. Como já tinha ido aos Estados Unidos em época de alta temporada, Layana sabia que poderia economizar se viajasse na baixa estação. “Viajei há dois anos. Fiquei procurando passagens para outubro, por algum tempo. Lembro que o trecho Manaus-Miami custava uma média de R$ 1.800, mas fiquei pesquisando e consegui por R$ 1.100. Mas houve um ano em que viajei para os Estados Unidos no mês de janeiro e comprei um só trecho por R$ 1.500”, conta.


De acordo com a proprietária da agência Paradise Turismo, Cláudia Mendonça, Miami é o destino mais procurado pelos turistas amazonenses na baixa temporada. No entanto, ela destaca que os destinos caribenhos, como Aruba, são uma boa opção para quem quer sair de férias sem gastar muito.

“Há pacotes para muitas ilhas do Caribe que custam menos de US$ 1 mil. Outro destino que tem atraído os turistas nos últimos anos é a Europa. Muita gente está levando seus filhos para conhecer”, ressalta. A lista de preferências dos amazonenses que vão ao “velho continente”, segundo Cláudia Mendonça, é formada por França, Itália e Espanha.

Euro mais acessível

O presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem (Abav-AM), Paulo Tadros, avalia que a atual cotação do euro (em torno de R$ 2,4) contribui para que os turistas optem pelas cidades europeias. “O euro já esteve acima de R$ 4. Mas hoje o cenário é outro”, diz. Tadros ressalta que comprar passagens para a Espanha ou Portugal na baixa estação traz uma economia significativa.

“Fica mais barato do que viajar para Porto Velho, mesmo sendo uma viagem de oito horas. E a redução seria melhor se voltássemos a ter em Manaus um voo direto para a Europa”, afirma.

Para maiores descontos é preciso ter planejamento

Dica é programar a viagem com antecedência de mais de 60 dias Divulgação Isabel Távora diz que os cruzeiros são acessíveis, mas pouco explorados Segundo a proprietária da CVC em Manaus, Isabel Távora, os destinos que lideram a procura na baixa estação são Miami, Orlando, Caribe e Europa (diversos roteiros).

Ela explica que, em relação ao período de alta temporada, os preços das passagens têm queda de 30% a 50% nos períodos em que não há feriados. A dica da empresária para os consumidores que buscam economizar ao máximo ao tirar férias é: faça um planejamento e se antecipe.

“O consumidor precisa de antecedência de mais de 60 dias da data de seu embarque para usufruir de maiores descontos. Hoje todas as companhias aéreas privilegiam a compra antecipada com mais de 60 dias”, esclarece Távora.


A especialista também observa que, dependendo da cidade ou região visitada, pode haver uma sazonalidade que eleva os custos dos serviços, como a hospedagem. “Quem sai do Brasil para a Europa em agosto vai poder usufruir de tarifas aéreas de baixa estação, mas, por se tratar de período de férias de verão no destino, a pessoa encontrará preços de hotéis mais elevados”, enfatiza.

Isabel ressalta, ainda, que viajar para o exterior requer orientação especializada a fim de que o turista se beneficie com os melhores preços e segurança na contratação dos serviços.

Pacotes

A CVC está com um pacote promocional para Miami. São 12 dias de viagem, com 11 diárias de hotel (sem café da manhã) e passagem aérea. Custa dez parcelas de US$ 169. Já o pacote para Orlando inclui 12 diárias e passagens. A compra pode ser dividida em dez parcelas de US$ 168. Quem quiser passar o Réveillon em Paris pode adquirir pacote de sete dias por 219 euros.