Publicidade
Cotidiano
Notícias

UEA e SSP fazem parceria para aprimorar serviços de segurança pública no AM

A parceria está alinhada com uma estratégia de governo voltada para a melhor prestação de serviços na segurança pública do Amazonas 29/01/2013 às 18:34
Show 1
Acordo de cooperação foi assinado hoje
acritica.com Manaus (AM)

A reitora em exercício da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Marly Guimarães, juntamente com o secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel Paulo Roberto Vital, assinaram, na tarde desta terça-feira (29) um Termo de Cooperação Acadêmica e Técnico-Científica entre as instituições. A parceria faz parte de uma estratégia de governo voltada para a melhor prestação de serviços em segurança pública e  promover a qualificação de profissionais que atuam nessa área.

Na oportunidade, Marly Guimarães, anunciou que, ainda neste ano, a UEA disponibilizará 100 vagas para profissionais de Segurança Pública que desejarem participar de curso de especialização em nível de pós-graduação lato sensu. As vagas serão distribuídas entre o 1º e o 2º semestre deste ano (50 vagas para cada um dos períodos) e estarão direcionadas para profissionais do Sistema de Segurança Pública do Estado.

Mestrado

Já estão abertas, e seguem até 20 de fevereiro, as inscrições para a seleção de alunos que farão parte da segunda turma do mestrado profissional em Segurança Pública, Cidadania e Direitos Humanos. Do total de 12 vagas oferecidas, oito devem ser preenchidas por servidores efetivos com atuação no Sistema de Segurança Pública do Amazonas. As informações estão disponíveis no portal da UEA (uea.edu.br).

O titular da SSP-AM disse que a oferta da primeira turma do mestrado da UEA, iniciado em março de 2012, superou as expectativas. “Queremos continuar buscando a excelência da qualidade dos serviços prestados à sociedade como um todo e isso passa pela capacitação dos nossos recursos humanos. Estamos buscando essa excelência através do conhecimento técnico e científico e temos convicção de que isso é possível nesta parceria com a UEA”, concluiu Vital.