Publicidade
Cotidiano
Notícias

Unidade prisional em Maués ficará pronta em dezembro

A noca Unidade Prisional integra o Programa de Construção de Estabelecimentos Penais do Governo Federal e está sendo construída pelo Governo do Amazonas 26/02/2012 às 21:57
Show 1
Segundo a seinfra, toda a fundação do prédio está pronta, com piso em concreto armado de 20 cm de espessura
acritica.com Manaus

Com um percentual de obras executadas em torno de 36%, a nova Unidade Prisional da Cadeia de Maués, que integra o Programa de Construção de Estabelecimentos Penais do Governo Federal, e que está sendo construída no município de Maués pelo Governo do Amazonas, está prevista para ser entregue no fim deste ano, segundo prevê a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

De acordo com a Seinfra, toda a fundação do prédio está pronta, com piso em concreto armado de 20 cm de espessura, seguindo os requisitos necessários para este tipo de obra, o mesmo acontecendo com as paredes, também construídas em concreto armado, que, em alguns casos, alcançam os 3m de altura, que é o chamado “pé direito” previsto para a penitenciária, faltando apenas preparar a colocação da laje.

A secretária de Estado de Infraestrutura, Waldívia Alencar, explicou que, por conta dos serviços que estão em andamento, a empresa mantém quantidade de seixo e de areia, além de ferro e cimento estocados no próprio canteiro de obras. Ela informou ainda que durante o feriado prolongado de Carnaval foi constatada uma ligeira redução no ritmo da obra, mas que, no entanto, não alterou em qualquer hipótese o cronograma de execução, que está dentro do previsto e pelo qual a obra deve ser inaugurada até o fim deste ano.

Segundo a secretária, questões burocráticas atrasaram o início da obra, inicialmente, prevista para março de 2010, mas que só começou efetivamente em março de 2011. O atraso de deu por conta do local em que a obra seria construída, o antigo lixão de Maués, que não foi aprovado e foi substituído por outro local, quando houve a necessidade de readequar o projeto que já vem pronto de Brasília ao novo terreno.

De acordo com a secretária, só depois da readequação do projeto e a devida aprovação é que a obra pode efetivamente iniciar. “Mesmo assim, com 36% da obra já construída, nós podemos dizer com tranquilidade que ela será entregue até dezembro“, garantiu.