Publicidade
Cotidiano
Notícias

Vanessa e Artur declaram guerra um ao outro na Justiça Eleitoral

Assessoria da senadora prepara processo pedindo a cassação do registro do candidato tucano por conta de promessa de emprego 27/08/2012 às 14:17
Show 1
Candidatos a prefeito no segundo debate para a televisão
Augusto Costa ---

 Os prefeituráveis Vanessa Grazziotin (PCdoB), da coligação “Melhor pra Manaus”, e Artur Neto (PSDB), da coligação “O Futuro é Agora”, começam a travar uma “guerra” judicial a 43 dias da eleição municipal do dia 7 de outubro. Ontem, os advogados da senadora planejavam entrar com  uma ação de investigação judicial eleitoral com base na lei 9840/99, a lei contra a compra de votos, para cassar o registro do candidato tucano.

A denúncia foi motivada pelo debate realizado na quinta-feira na TV Bandeirantes, quando Artur Neto perguntou ao candidato Sabino Castelo Branco (PTB) como ele iria contratar os secretários e cargos comissionados para trabalhar na Prefeitura de Manaus. Na sequência,  o ex-senador divulgou o e-mail dele,  arthurvirgilio2@hotmail.com,  e pediu que fossem enviados currículos para selecionar os “cérebros” que irão ajudá-lo nas secretarias e nos cargos comissionados para administrar a cidade.

Promessa

Segundo o advogado de Vanessa Grazziotin, Daniel Nogueira,  Artur Neto cometeu crime eleitoral de acordo com o artigo 41-A da lei eleitoral. O artigo diz que um candidato não pode: “doar ou oferecer, prometer, ou entregar algo ao eleitor que configure captação ilícita de votos. Também não pode oferecer vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública”. A punição é a cassação do registro.

“Vamos nos reunir hoje (ontem) com a coordenação política da coligação para decidir o que vamos fazer. Temos que avaliar todos os fatos nesse final de semana e tudo deve se resolver até  terça-feira. Se eu for autorizado vamos preparar a ação. Mas não é uma decisão minha e sim do comando da campanha”, adiantou Daniel Nogueira.

O chefe do departamento jurídico do comitê de Artur Neto, advogado Yuri Dantas, disse que o candidato tucano não cometeu crime algum e rebateu a tese de Daniel Nogueira.

“Eu ainda não posso adiantar nenhuma consideração acerca do que ele vai fazer sobre essa suposta ação. O  Artur fez promessa de campanha e não captação ilícita. Vamos aguardar o desenrolar dos acontecimentos”, disse Yuri Dantas.

Artur Neto  e Vanessa Grazziotin ocupam as duas primeiras colocações nas pesquisas de intenção de voto. O tucano, em consulta do Ibope, divulgada no dia 16, aparece com  29% das intenções, enquanto a senadora, figurava com  19%.