Publicidade
Cotidiano
Notícias

Veja quais são (e como evitar) os erros mais comuns na inscrição do Enem

Entre os problemas mais comuns, além da escolha errada do município da prova, estão marcar que estudou em escola particular mesmo tendo estudado em uma instituição pública e usar o CPF de outra pessoa 11/06/2012 às 08:08
Show 1
O Enem será realizado em todo o Brasil
Do UOL, em São Paulo ---

Um bom desempenho no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012 começa, na verdade, já na ficha de inscrição. Uma desatenção e, pronto: o estudante pode acabar tendo que fazer a prova do Enem em uma cidade a quilômetros de distância de onde mora. É preciso ter bastante cuidado na hora de preencher o formulário para evitar erros bobos como este.

Entre os problemas mais comuns, além da escolha errada do município da prova, estão marcar que estudou em escola particular mesmo tendo estudado em uma instituição pública (alunos de escolas públicas têm isenção de taxa) e usar o CPF (Cadastro de Pessoa Física) de outra pessoa. Se o inscrito cometer algum erro no preenchimento do formulário, ele tem até o final do período de inscrições para fazer a correção.

Na primeira etapa da inscrição, o candidato precisa preencher um campo com o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e a data de nascimento. Isso permite que o Inep acesse o banco de dados da Receita Federal e autocomplete alguns campos, como nomes do estudante e da mãe. Na tela seguinte, quando o aluno coloca o CEP de sua residência, o sistema já preenche automaticamente o endereço e a cidade.

As inscrições no Enem 2012 vão até as 23h59 do dia 15 de junho. A taxa é de R$ 35, mas estudantes de escolas públicas e os que se declararem carentes (durante o processo de inscrição) estão dispensados do pagamento.

Erros mais comuns

CPF
O estudante que for fazer o Enem 2012 precisa ter CPF(Cadastro de Pessoa Física) próprio. Muitos alunos colocam o CPF do pai ou de algum responsável. O sistema do Inep usa o banco de dados da Receita Federal e puxa de lá as informações para a inscrição, como o nome completo do candidato e o da mãe.

Email e celular
É preciso preencher os dados de contato, como endereço de e-mail e telefone celular, com muito cuidado. Um erro e o candidato pode ficar sem receber comunicações importantes do Inep. Além disso, não vai conseguir recuperar a senha do sistema de acompanhamento da inscrição.

Isenção
Estudantes de escolas públicas não precisam pagar a taxa de R$ 35. Durante o preenchimento do formulário, o candidato precisa selecionar se estudou em escola pública ou particular. Se o aluno egresso de uma instituição pública selecionar, por engano, que estudou em escola privada, não conseguirá a isenção de taxa.

Município do exame
O estudante precisa escolher o município onde fará o exame e boa parte dos erros na inscrição se concentram nesta etapa. Só precisam ser selecionados a UF e a cidade. Se o candidato mora na cidade de São Paulo, no bairro do Sumaré, tem que selecionar São Paulo -e não a cidade homônima, que fica a 120 km da capital paulista.

Necessidades especiais
Se o candidato é portador de necessidades especiais ou precisa de algum atendimento específico, precisa prestar atenção no preenchimento do formulário. É necessário responder "sim" à pergunta "Possui deficiência ou necessidade de atendimento diferenciado?' e, então, indicar o tipo de atendimento.

Veja 39 perguntas e respostas sobre o Enem 2012