Publicidade
Cotidiano
Notícias

Venda e adoção de animais de estimação são destaques em debate realizado no Amazonas

Conselho Regional de Medicina Veterinária e Ongs discutem nesta terça-feira (23), projeto que regulamenta atividade 23/10/2012 às 07:46
Show 1
Gilmar Rocha vê projeto em tramitação na Câmara Municipal com bons olhos
ACRÍTICA ---

A diretoria do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV-AM) reúne-se nesta terça-feira (23), à tarde para discutir o contéudo de um projeto de lei que regulamenta as feiras de filhotes instaladas pelo menos em três lugares de Manaus nos finais de semana.

O projeto é de autoria do vereador Wilton Lira (PDT) e já está tramitando na Câmara Municipal de Manaus, podendo ser aprovada ainda este ano.

De acordo com o vice-presidente do CRMV-AM, Gilmar Rocha, a idéia do verador foi muito bem aceita porque evita inclusive prejuízos de quem adquire filhotes nessas feiras. “O que se sabe é que essas feiras não tem o acompanhamento de nenhum responsável técnico. Tem animais sendo vendidos sem serem vacinados. Você vai comprar um cachorro para o seu filho como se fosse de uma raça e só depois descobre que não era da raça que foi anunciada. Então, a regulamentação, além de proporcionar a posse responsável, vai evitar que você compre gato por lebre”, explica Rocha.

Além de dirigentes do Conselho estarão participando do encontro representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs) que atuam em defesa dos animais.

“Eu defendo a tese que os filhos só podem ser vendidos depois de castrados para que não fiquem se proliferando de forma irresponsável. Hoje, qualquer pessoa leva seu animal para essas feiras sem nenhum documento que comprove a origem do animal. O que acontece é que muita gente se empolga com bichinho e até esquece de cobrar informações fundamentais sobre o filhote que está adquirindo”, concluiu Rocha.