Publicidade
Cotidiano
Notícias

Vice-prefeito de Apuí receberá salários não pagos por atual prefeito

A decisão foi unânime, conforme voto do relator, desembargador Rafael de Araújo Romano, de acordo com o parecer do Ministério Público, em sessão presidida pelo desembargador Luiz Wilson Barroso. Antônio Marcos Maciel Fernandes deve pagar os salários atrasados de Adimilson Nogueira. 12/12/2012 às 14:26
Show 1
O relator do processo foi Rafael de Araújo Romano
acritica.com Manaus (AM)

As Câmaras Reunidas do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) concederam na sessão desta quarta-feira (12) ao vice-prefeito de Apuí – a 453 quilômetros de Manaus-, Adimilson Nogueira (DEM), o direito de receber os subsídios que não foram pagos desde maio deste ano.

A decisão foi unânime, conforme voto do relator, desembargador Rafael de Araújo Romano, de acordo com o parecer do Ministério Público, em sessão presidida pelo desembargador Luiz Wilson Barroso.

Nogueira entrou com Mandado de Segurança depois de ter tentado, administrativamente, receber o subsídio, por duas vezes em agosto, e juntou ao processo cópia do requerimento, folha de pagamento e diploma expedido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em 2008.

Imbróglio

O pagamento foi suspenso depois que ele se candidatou ao cargo de prefeito nas eleições deste ano, tornando-se adversário político do atual prefeito, Antônio Marcos Maciel Fernandes. O candidato venceu com 2.441 votos (35,22%), pelo Democratas, em um pleito que contou com envio de militares do Exército ao município. A diplomação ocorreu na terça-feira (11), com a presença da juíza Kathleen dos Santos Gomes.