Publicidade
Cotidiano
Notícias

Vivo amplia sinal no Amazonas rumo à cobertura em 100% do Estado até o final do ano

Investimento da companhia para a Amazônia é de R$ 2 bilhões 16/07/2012 às 17:09
Show 1
Telefonia celular
Acritica.com ---

O grande desafio da telefonia móvel tem sido levar comunicação a localidades cada vez mais longínquas no Brasil. Quando se trata do Amazonas, que conta com dimensões extensas, além de limitação de acesso e de infraestrutura, os obstáculos se tornam ainda maiores, representando um desafio adicional. Ainda assim, a Vivo acaba de cumprir a primeira etapa do compromisso assumido com a população de estar presente em todos os municípios do Estado até o final deste ano.

 No início de 2012, a Vivo atendia 44 municípios e, ao final de junho, ampliou o sinal para mais seis. Os novos municípios que agora dispõem do sinal da Vivo são Borba, São Gabriel da Cachoeira, Silves, Manicoré, Autazes e Careiro da Várzea. Dos 50 municípios atendidos, 20 já contam com sinal 3G. No Amazonas, a Vivo é líder de mercado com 62,1% de participação e é líder também em cobertura, atendendo cerca de 90% da população.

 As ativações fazem parte do compromisso assumido no final do ano passado pela Telefônica|Vivo quando anunciou novos investimentos no Estado, incluindo a cobertura em 100% da região até o final de 2012. Até o final do ano, serão contemplados os seguintes municípios: Alvarães, Amaturá, Anori, Beruri, Boca do Acre, Envira, Guajará, Itamarati, Juruá, Manaquiri, Tonantins e Uarini.

 A companhia informou, ainda, que está investindo R$ 2 bilhões na Amazônia para melhoria e ampliação de seus serviços. “Este é o reconhecimento e uma forma de agradecimento pela preferência do consumidor amazonense que coloca a Vivo como líder de mercado com mais de 62% de market share”, diz Mauricio Santos, diretor regional Norte. “Para a empresa, conectar com qualidade o maior número de pessoas, onde quer que elas estejam, é prioritário e o trabalho realizado no Amazonas demonstra isso”, complementa.

 Além da ampliação de cobertura, a companhia não mediu esforços para expandir o sinal (para) até as comunidades rurais, atendendo a demanda da população de Itacoatiara e Urucurituba, superando a meta inicial. Agora, os moradores de Novo Remanso e Lindóia, em Itacoatiara e de Augusto Montenegro, em Urucurituba, também usufruem do sinal 3G da Vivo, possibilitando uma melhor velocidade de dados.

 Outro benefício que o cliente amazonense recebeu neste primeiro semestre é a interconexão do Estado com a rede nacional, tanto por meio de rota de rádio própria, quanto por uma rota alternativa de fibra óptica, que permite maior estabilidade para a comunicação.

 A rede de satélite que atende a região também está em expansão, com uma rede própria, que possibilitará ampliar a capacidade de localidades não acessíveis por rotas terrestres.