Publicidade
Cotidiano
Notícias

Yamaha suspende produções no Amazonas por dificuldades enfrentadas no setor de duas rodas

A Yamaha vai parar atividades em duas linhas de produção, dará férias coletiva e suspenderá o contrato de funcionários. Os trabalhadores estão preocupados 13/09/2012 às 14:43
Show 1
Nas concessionárias locais de moto, a crise tem se refletindo nas vendas
Renata Magnenti ---

Em decorrência da situação difícil por qual passa o setor de duas rodas, a Yamaha, instalada na Zona Franca de Manaus desde a década 1980, vai conceder férias coletivas a centenas de funcionários, pela segunda vez no ano. Além disso, suspenderá o contrato de outra parte deles. Hoje a fábrica  emprega 2.300 pessoas.

O diretor da Yamaha em Manaus, Genoir Pierosan, disse que, por questão de negócios, a fábrica japonesa não irá informar a quantidade de funcionários que serão afastados. “Pode ser que até metade dos nossos colaboradores seja afastada de seus postos. Mas definiremos isso até o final da próxima semana e por questão de negócios não divulgaremos esses números”, disse. (A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).