Publicidade
Eleições
SEGUNDO TURNO

TRE substitui 28 urnas, mas considera eleição dentro da normalidade

Para o diretor-geral do Tribunal, Messias Andrade, a movimentação está semelhante ao primeiro turno das eleições e não há como estimar, ainda, questões como a abstenção 27/08/2017 às 10:04 - Atualizado em 27/08/2017 às 11:26
Show  ndice
(Foto: Geizyara Brandão)
Geizyara Brandão Manaus (AM)

"Tudo ocorrendo dentro da normalidade, como esperávamos", afirmou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador Yedo Simões. A informação foi concedida na primeira entrevista coletiva para dar um balanço da primeira hora de votação do segundo turno das eleições suplementares deste domingo (27) .

Das 6.668 urnas eletrônicas de todo o Estado 22 foram substituídas antes de iniciar o pleito, seis urnas de Manaus foram substituídas na primeira hora.

De acordo com o secretário de Tecnologia da Informação do TRE-AM, Rodrigo Camelo, sete urnas apresentaram problemas e tiveram intervenção técnica, porém não precisaram ser substituídas.

Para o diretor-geral do Tribunal, Messias Andrade, a movimentação está semelhante ao primeiro turno das eleições e não há como estimar, ainda, questões como a abstenção.

Problemas com relação à identificação biométrica, relatados por eleitores de Manacapuru, não chegaram ao conhecimento durante esta primeira coletiva. Mas o secretário de TI ressaltou que quatro tentativas precisam ser efetuadas para reconhecimento da digital.

"São os dedos da pinça - os polegares e os indicadores. Na quinta tentativa, se não ocorrer a identificação é perguntado o ano de nascimento e você é habilitado ao voto. Mas, no máximo, só vai atrasar essa votação, não atrapalha o transcurso da mesma", explicou Camelo.

Publicidade
Publicidade